img { max-width: 100%; height: auto; width: auto\9; /* ie8 */ }

Pesquisar este blog

sexta-feira, 3 de agosto de 2018

“VEM PARA SALVADOR”, ROAD SHOW 2018


A Secretaria Municipal de Turismo, pelo seu titular Cláudio Tinoco, junto à ABIH-Bahia, com o seu Presidente Glicério Lemos, lançou na capital baiana o “Road Show 2018”. O projeto se destina a promover um trabalho junto aos agentes de viagens e operadores de turismo nacionais, com o objetivo de impulsionar o desenvolvimento do turismo em Salvador.
Essa será a terceira edição do projeto para o qual a Prefeitura estará investindo um total de recursos superior ao do ano passado, valores modestos mas que representam o extremo esforço do Poder Municipal, convencido da importância fundamental da atividade. À ABIH-Bahia caberá a responsabilidade pela hospedagem da equipe que desenvolverá tais ações, pelos bilhetes aéreos e pelos “transfers”, quando necessários.
O principal objetivo do “Road Show” é atrair mais turistas, buscando, inclusive, uma dilatação no período de permanência deles na cidade. Isto, evidentemente, através de um trabalho racional junto aos agentes e operadores de viagens. E esse esforço destina-se às ações dentro e fora do Brasil.
Este ano, a experiência será ainda mais ampliada, considerando que, em 2017, foram visitadas dez cidades. Nelas, as atenções foram para a capacitação de nada menos do que 2 mil e 500 profissionais. Para este ano, o número de cidades selecionadas será de 16 e as ações estão sendo desenvolvidas desde o mês de julho e permanecerão até dezembro. Para cada cidade, estão sendo trabalhadas cerca de 15 agências e operadoras.
E os estudos partem dos elementos estatísticos consequentes das pesquisas realizadas, que mostram ter, no período de janeiro a junho deste ano, Salvador sido visitada por cerca de 4.7 milhões de turistas. Este foi o maior volume alcançado nos últimos seis anos. Representando cerca de 11.3% a mais do que o total alcançado no mesmo período de 2017, quando foram totalizadas 4.2 milhões de visitas a Salvador.
O mês em que é mais expressivo o volume de visitantes a Salvador é o mês de janeiro, como tradicionalmente. Êste ano foram nada menos do que 1 milhão de pessoas circulando pela cidade. Cerca de 8 milhões de turistas é a taxa anual que está sendo mantida na capital baiana, buscando a Prefeitura, com as ações implementadas, elevar para 9 milhões, neste ano.
Em 2018, o mês de junho foi também destaque no ano, quando registrou um resultado a mais do que no mesmo período do ano anterior, em que subiu de 39.19% ano passado para 46.8% este ano. Para ampliar, inclusive, as ações desenvolvidas pelo Poder Municipal de Salvador, foi contratada uma empresa de marketing que está desenvolvendo algumas ações, como a elaboração de um novo “site”, bem assim a inauguração da “Casa de Salvador”, como exemplos da intenção destinada a impulsionar o turismo na Capital.
Inserida em toda essa estratégia, está uma ferramenta através da qual é oportunizado aos visitantes promoverem estatisticamente uma avaliação sobre os meios de hospedagem e sobre os diversos atrativos turísticos da cidade. É a “Business Intelligence”. A par de tudo isto, também, a Prefeitura vem desenvolvendo o seu projeto de construção do novo Centro de Convenções, além de acompanhar e apoiar as ações que estão sendo anunciadas pela Vinci, empresa que, atualmente, administra o Aeroporto Internacional Deputado Luiz Eduardo Magalhães, com o objetivo de promover melhorias naquele equipamento.
Os números que estão sendo contabilizados sobre o desenvolvimento da visitação em Salvador indicam que, no primeiro semestre deste ano, a rede hoteleira da capital baiana teve uma taxa de ocupação de 61%, o que representa um aumento de 8% a mais do que no ano passado, quando, no mesmo período, a ocupação ocupou apenas 53%. 
Evidencia-se essa estatística no sentido de demonstrar que, de 2016 para 2017, a ocupação já mereceu um incremento de 10%. Evidente que todos esses números alentadores expressam resultados das campanhas promocionais que estão sendo realizadas em conjunto pela Prefeitura junto à iniciativa privada. Mas que ainda não são o que desejam o poder público do Município junto à iniciativa privada.
O Sebrae é uma outra instituição que vem buscando desenvolver ações com a mesma direção, sobretudo no campo das pesquisas. Junto aos turistas em visita a Salvador, a instituição detectou que 62% já estiveram na Bahia anteriormente. O que demonstra que sairam tão satisfeitos que retornaram. Do total de entrevistados, foi verificado de que um volume de 38% estava visitando a “boa terra” pela primeira vez.
Para as estatísticas do Sebrae, cerca de 48% dos turistas, quase metade, portanto, procedem do Sudeste. Um outro elemento muito interessante é que, também do total de visitantes, 28% são do próprio Estado. Além disto, os números indicam que 73% do total de turistas em passagem pela Bahia são de casais e/ou familiares.
Esses elementos estatísticos darão suporte ao direcionamento das campanhas promocionais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário