Pesquisar este blog

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

CALEIDOSCÓPIO

Voltamos a circular semanalmente. Que este 2018 seja um ano de melhor saúde, paz e muitas conquistas para nós brasileiros. Ano de eleição, que saibamos escolher políticos honestos e bem intencionados para a presidência da República, para governadores dos Estados, prefeitos, deputados e vereadores. É tempo de refletir para virar páginas tão negras jamais vistas no País. Este “Caleidoscópio”, com nova feição, também procurará novos caminhos. Faremos de tudo para não ser “palmatória do mundo”. O objetivo maior será a divulgação de acontecimentos turísticos, sejam nacionais ou internacionais, com ênfase os do Ceará, do Nordeste e do Brasil como um todo. Mas, aqui acolá, outros temas estarão aqui inseridos. 
ALVÍSSARAS  -  Saudamos com muita alegria o excelente momento que o Ceará atravessa, principalmente no turismo. Diferente da grande maioria dos estados e municípios, é visto com clareza que estamos incluídos entre os poucos oásis nacionais. É certo que, infelizmente, não superamos os graves problemas de, principalmente, segurança e saúde. Felizmente, o item educação nos favorece. Também, o Complexo Portuário do Pecém, a ZPE, as progressistas Maracanaú, Horizonte, Caucaia e o surto de progresso do Cariri cearense, somados às intervenções da Prefeitura de Fortaleza, com foco maior na mobilidade urbana, entre tantas ações, são indicativos de que tudo vai melhorando por estas bandas. Veja-se o êxito da linha área para Jericoacoara. Todos lotados. Anuncia-se também voos comerciais para o Aeroporto de Aracati. Falta apenas a autorização da ANAC, a qual, segundo se comenta, sairá até julho próximo. Por fim, está saindo do papel o “transfer” de turistas do Aeroporto Pinto Martins para os hotéis da Capital. Os modernos ônibus que farão o serviço começarão a circular a partir de fevereiro próximo. Quanto aos ônibus que serão disponibilizados para passeios turísticos, aguarda-se para os próximos dias a licitação. Deverão sair da Praça da Estação num percurso de  14.8 km, passando pelo Centro Histórico e outros locais atrativos da cidade. E assim vamos marchando
Queima de fogos na Praia de Iracema
RÉVEILLONS DE DESTAQUE -  Conforme prognósticos de entidades várias, inclusive da Agência de Notícias do Turismo, as quatro das principais festas de réveillon do país injetaram R$ 4,9 bilhões nas economias locais. Com uma longa tradição e os 17 minutos de queima de fogos, o Rio de Janeiro recebeu cerca de 2,7 milhões de turistas que deixaram aproximadamente R$ 2,2 bilhões na economia da capital, segundo a Riotur. 
Em Salvador, o evento teve a duração de cinco dias, reforçando a vocação festeira do baiano. A prefeitura estima que mais de dois milhões de pessoas curtiram os shows na Arena Cidade da Música Boca do Rio, na cidade, do quais 410 mil eram turistas, que injetarão R$ 405 milhões na economia local. 
Em Fortaleza o réveillon foi para 1,3 milhão de pessoas, das quais 650 mil eram turistas. Destaque; 18 minutos de queima de fogos e 12 shows no aterro da praia de Iracema. Em torno de R$ 1,5 bilhão foram injetados na economia local. Levantamento ainda inconcluso estima que a taxa de ocupação de leitos girou em torno de 98%, percentual maior do que no ano anterior de 93%. deputados e vereadores políticos honestos e bem intencionados. É tempo de refletir para virar páginas tão negras jamais vistas no País. Este “Caleidoscópio”, com nova apresentação,  também procurará novos caminhos. Faremos de tudo para não ser “palmatória do mundo”. O objetivo maior será a divulgação de acontecimentos turísticos, sejam nacionais ou internacionais, com ênfase o do Ceará, do Nordeste e do Brasil como um todo. Mas, aqui acolá, outros temas estarão aqui inseridos. 
CEARENSE NA PRESIDÊNCIA DA ABIH NACIONAL - Conceituado empresário cearense está comandando desde o início do mês a entidade maior dos hoteleiros brasileiros. É Manoel Cardoso Linhares, uma das vitoriosas lideranças do turismo do Ceará, que assumiu a presidência da ABIH Nacional com objetivos claros de lutar para o melhor desempenho da classe, inclusive promover o associativismo e tratar da volta do Congresso Nacional de Hotéis – Conotel.  Para mostrar a que veio, Manoel Linhares já esteve com o empresário português, Raul Martins, presidente da Associação de Hotelaria de Portugal, com quem firmou parceria no sentido de maior intercâmbio entre as duas entidades.   
LOTERIAS CAIXA - A Caixa Econômica Federal, através das Loterias CAIXA, registrou em 2017 a arrecadação de R$ 13,88 bilhões em apostas, o que representa um crescimento nominal de 8,14% em relação ao apurado em 2016. Dentre as modalidades, a Mega-Sena continua como produto mais vendido, sendo responsável por 42% da arrecadação, seguida pela Lotofacil e Quina, responsáveis por 26% e 18% de participação, respectivamente. 
Mereceu destaque particular o grande sucesso da edição 2017 da Mega da Virada, que ofereceu o maior prêmio da história das loterias no Brasil e na América Latina. Os R$ 306 milhões, dividido entre 17 apostas ganhadoras, a quantidade também é recorde para o concurso especial, que ainda registrou a maior arrecadação por concurso, de mais de R$ 890 milhões. Soma-se a esse resultado a Timemania, que apresentou um desempenho 71,8% maior que no ano de 2016.
FÓRUM GRAMADO DE ESTUDOS TURÍSTICOS - Com a proposta de trabalhar o turismo como ciência sustentável dos diversos destinos,  está marcado para os dias 12 e 14 de abril próximo o Fórum Gramado de Estudos Turísticos, que oferecerá palestras e debates de turismólogos, economistas, empresários, filósofos, estudiosos e grandes pensadores que, cada um sob sua ótica, abordarão o turismo como tema central.
O Fórum é uma realização do SindTur Serra Gaúcha e conta com o apoio da Prefeitura de Gramado e da Câmara de Vereadores de Gramado. Já está com as inscrições abertas através do site www.forumgramado.com.br e contará com organização de Rossi & Zorzanello Feiras e Empreendimentos, responsável pelo FESTURIS Gramado - Feira Internacional de Turismo, que acontece com sucesso há quase três décadas.
DE LUTO O TURISMO – Registramos com pesar o falecimento, no último dia 31, do professor da Unifor, empresário de comprovada competência e uma das figura de grande destaque nos círculos sociais e turísticos do Ceará, Antônio Marçal Pinto de Castro.
Competente e de fino trato, Marçal sempre se destacou com intervenções inteligentes durante reuniões não apenas do Fórum de Turismo do Ceará, mas das diversas outras entidades da classe. 
Na noite da última segunda-feira, na igreja da Paroquia da Paz, foi rezada missa de sétimo dia do óbito, registrando-se a presença dos familiares, de representantes do “trade” turístico e de expressivo número de ex-alunos e amigos.o e de expressivo número de ex-alunos e amigos.

RETORNO AOS COMENTÁRIOS TURÍSTICOS

Antonio José de Oliveira
Presidente Abrajet CE
Como não estamos de férias trabalhistas, retornamos, nesta semana, aos artigos, com foco em atividades do turismo cearense e brasileiro, observando o que ocorre, neste segmento econômico, ainda não explorado, em sua totalidade, com ética, transparência e profissionalismo, nos diversos Estados do Brasil, tanto pela iniciativa pública, quanto pela privada. 
É que existe corrupção, quando da aplicação de verbas, para desenvolvê-lo, de forma racional, fazendo mais com menos. Afinal, é vergonhoso o montante de reais, liberado pelo Governo Federal, por alguns Estados e municípios brasileiros, para aplicação na promoção do potencial turístico, nos mercados emissores de turistas, na cultura e na infraestrutura de suporte ao turismo, que impacta mais de 60 atividades econômicas, sociais e culturais. 
Para constatarmos o quanto o turismo contribui para o fortalecimento da economia, sem falar de seus inúmeros benefícios aos polos receptores de turistas, mundo afora, registremos, aqui, dados da Organização Mundial de Turismo (OMT), vinculada às Nações Unidas, informando que, em 2017, o setor cresceu 7% em nível global. Informou, também, que as visitas de turistas chegaram a 1,1 bilhão nos primeiros 10 meses de 2017, equivalendo a 70 milhões de novos visitantes, comparando-se a idêntico período do ano anterior.
Baseando-nos em informações da supracitada organização, tendo por fonte a EBC Agência Brasil, citemos que, dentre os fatores, que contribuíram para o desempenho, estão o crescimento sustentado, ocorrido em muitos destinos e uma recuperação firme naqueles que sofreram declínio no ano passado. Saliente-se que o estudo destaca ainda o Brasil pela sua “forte recuperação” em despesas com o turismo internacional, que atingiu 33%. Vamos a outros dados: a China, país que lidera os mercados de origem de visitantes, registrou um aumento de 19%, no período analisado, seguida pela Coreia do Sul, com 11%, e pelos Estados Unidos e Canadá com 9%.
Importante frisar, segundo divulgou a EBC Agência Brasil, que, nas Américas, a América do Sul lidera o crescimento, nas visitas de turistas, com 7%.  Já, na América Central e no Caribe, o aumento foi de 4%, o que mostra “sinais claros de recuperação”, em outubro de 2017, após a passagem dos furacões Irma e Maria.
Encerrando nosso artigo, respaldando-nos por informações, divulgadas pelas supracitadas organizações, transcrevemos o que mencionou o diretor geral da OMT, Taleb Rifai: “Deve ser reconhecida a forte resiliência do turismo, que é refletida no crescimento contínuo em muitos destinos do Oriente Médio e na recuperação rápida em outros destinos”. Comentou, ainda, o dirigente da OMT os benefícios do setor, para as comunidades locais e para os visitantes, na promoção da paz, do entretenimento mútuo, do respeito pelo patrimônio cultural e valores.
No Ceará, o turismo vem sendo levado a sério, pelo Governo do Estado, pela Prefeitura de Fortaleza e algumas prefeituras do interior, com potencial turístico, que, em seus discursos e entrevistas, aos meios de comunicação de massa, prometem investir mais, nesse segmento, para que o turismo cearense seja competitivo, em relação a Estados do Sul do Brasil, a exemplo de São Paulo (turismo de negócios), Paraná, Rio G. do Sul (Serras Gaúchas) e Santa Catarina (Camboriú, Joinville, Blumenau). 
Agora, uma recomendação do secretário do turismo do Ceará (Setur) Arialdo Pinho: “É preciso que Fortaleza seja uma cidade alegre, com eventos artísticos e culturais, todos os dias, e com uma mão de obra qualificada, em hotéis, restaurantes, mercado central, organizações de informações turísticas e guias de turismo, falando Inglês e Francês, pois a capital do Ceará receberá mais turistas franceses e de outros países, devido à maior frequência de voos da Air France/KLM/Gol e outras companhias aéreas, mediante melhorias, na infraestrutura física, do aeroporto internacional Pinto Martins, que passou a ser administrado pela empresa alemã Fraport. Outra necessidade importante, segundo ele, é investir no saneamento básico das cidades. 

COMPLEXO DE SAUÍPE VENDIDO À TERMAS DO RIO QUENTE

R$140.5 MILHÕES O VALOR DA NEGOCIAÇÃO  - Na última semana de novembro foi fechado o negócio entre a PREVI (Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil), que administrava o Complexo Turístico Costa do Sauípe, na Bahia, e a Companhia Termas do Rio Quente, de Goiás. O valor da transação alcançou R$140.5 milhões, o que foi anunciado oficialmente pelo grupo adquirente.
Com 50 anos de experiência, a empresa goiana já está com planejamento para os próximos seis anos e aponta a expectativa de faturamento da ordem de R$240 milhões em 2018, o que confrontará com o deficit de R$29 milhões registrado pela última gestora.
PESQUISA INDICOU A BAHIA PARA NOVO INVESTIMENTO -Em razão do projeto de ampliação da rêde, o grupo de Goiás promoveu pesquisa para avaliar em qual Estado poderia investir nesse sentido. Numa avaliação entre Pernambuco e Bahia, a Costa do Sauípe surgiu como possibilidade em razão do seu potencial. Com essa aquisição, o Grupo Termas do Rio Quente, com o novo empreendimento, que dista 76 quilômetros de Salvador no Litoral Norte baiano, simplesmente dobra a sua dimensão, constituindo-se em um dos mais poderosos no segmento da hotelaria do país.
A estratégia já objetivada indica a aplicação do clube de férias do grupo – o Rio Quente Vacation Club – que registra em seus arquivos nada menos do que mais de 26.000 famílias inscritas. Um outro segmento são os parceiros de comercialização de diárias, como também estará na estratégia de comercialização as vendas diretas.
CRESCIMENTO CONSIDERÁVEL DO ACERVO - Aos seis hotéis já existentes, que totalizam 1.564 apartamentos, o Complexo Costa do Sauípe ainda agrega estrutura para a realização de eventos, constituída de 40 salas e uma arena com capacidade para receber público de até 3.500 pessoas. Integram o acervo, também, as 15 quadras de ténis, a área kids e a Vila Nova da Praia. Com a anexação de todo esse potencial, o grupo goiano registra um somatório, hoje, de 12 hotéis e mais de 2.700 apartamentos.
NOVO CENTRO DE CONVENÇÕES JÁ ANUNCIA EVENTOS - Ainda em projeto, na fase de licitação e previsão de início da construção, o novo Centro de Convenções que será construído pela Prefeitura Municipal de Salvador já anuncia o primeiro evento que será realizado nas suas instalações. É que os organismos que se destinam à captação de eventos para a Capital baiana já se encontram em franca movimentação, na busca de programar os primeiros acontecimentos. 
Quem revelou essa novidade foi o Salvador Destination, que é presidido pelo conhecido profissional do turismo Paulo Gaudenzi. A primeira convenção que acontecerá no novo espaço deverá se destinar a cerca de mais de 5 mil participantes. Para a sua realização, esse acontecimento turístico deverá ocupar em torno de 3 mil metros quadrados somente para a exposição. 
JÁ ESTÁ PROGRAMADO O INÍCIO DE CONCLUSÃO DAS OBRAS -  A Prefeitura Municipal de Salvador, que já está no processo de licitação, anuncia o início das obras para o próximo mês de abril e a sua conclusão está prevista para o primeiro semestre de 2018. O evento já anunciado deverá ocorrer no mês de Outubro daquele mesmo ano. O novo equipamento poderá acolher até 14 mil pessoas.
Salvador já foi o terceiro polo de atração de eventos internacionais, somente abaixo de São Paulo e do Rio de Janeiro. No entanto, a falta da sua conservação e outros fatores vinculados à gestão determinaram a queda da sua ocupação, dos 27 eventos internacionais abrigados em 2007, para apenas 5 convenções em 2016, o que lhe determinou despencar para o 10º lugar. São dados informados pela ICCA – International Congress and Conventions Association.
SALVADOR PROJETA PARA O VERÃO 2.4 MILHÕES DE TURISTAS -  A projeção que o Município do Salvador está fazendo para a temporada do próximo verão – que se inicia oficialmente em 21 deste mês – é de 2.4 milhões de visitantes. É que, em verdade, antes mesmo da oficialização do início do verão, a temporada turística soteropolitana já se iniciou com uma série de eventos programados para a Capital, dentre eles aqueles que integram o riquíssimo ciclo de festas da capital baiana.
A exemplo do Dia da Baiana, do Dia do Samba, do dia de Santa Bárbara, do Dia de Nossa Senhora da Conceição da Praia, que prossegue com o Natal, o Reveillon – e a Procissão do Senhor dos Navegantes, Lavagem do Bonfim, Festa de Iemanjá, Festa de Itapuã – até o Carnaval. Serão 42 dias de festas, de dezembro a fevereiro.
A movimentação esperada para o período é de cerca de R$3.9 bilhões, que ingressarão na economia da cidade. Somente na virada do ano, são esperados para Salvador cerca de 700 mil turistas. Esses números indicam que ocorrerá uma movimentação econômica de 4.3% a mais, com relação a 2016. 

É COMEMORAÇÃO PARA TODOS OS LADOS - FESTIVAIS REGIONAIS MOVIMENTAM O TURISMO DO BRASIL

Teresópolis sedia o Festival Vinho nas Alturas
O verão agita o Brasil com festivais que dinamizam a economia durante a alta estação e movimentam o turismo em todas as regiões. Em Guarapari (ES), o Festival de Verão Pedreira, que começou no último dia 30, só terminará no próximo dia 28. O balneário de Guarapari é o grande destaque da alta temporada no litoral capixaba e recebe grandes nomes da música brasileira. Também na serra capixaba, Domingos Martins, berço da colonização alemã no estado, realizará o 27ª Sommerfest - Festival da Imigração Alemã (25 a 28 de janeiro). A cultura e tradições do imigrante alemão se destacam nos bailes, bandas, comidas típicas, desfiles com alegorias e apresentações folclóricas.
Jaraguá do Sul sediará o Festival de Música de Santa Catarina, o qual começará no próximo domingo,14, e se prolongará até 27 do corrente mês. Deverá reunir participantes de 30 países com 200 apresentações gratuitas de música erudita.
 Em Blumenau, de 7 a 10 de março, acontecerá o Festival Brasileiro da Cerveja, maior evento cervejeiro da América Latina. A programação ainda contempla o Concurso Brasileiro de Cervejas, um dos mais importantes do mundo e a Feira Brasileira da Cerveja. 
FESTIVAL VINHO NAS ALTURAS -  No Rio de Janeiro, a cidade de Teresópolis realizará o Festival Vinho nas Alturas. Começará no próximo 19, prosseguido até 21. O foco do festival são os espumantes e vinhos brancos nacionais harmonizados com frutos do mar. No carnaval (10 a 13 de fevereiro) será a vez do Festival Cerveja nas Alturas, quando Teresópolis reunirá o melhor da gastronomia local com as melhores cervejas artesanais da Região Serrana. A cidade será palco ainda, entre os dias 2 e 4 de fevereiro, do Festival Love 80`s com o mais puro Rock n`roll. 
MAIS FESTAS – Desde o dia 11 e até o próximo domingo, 14, Nova Glória (GO) promove pela 35º vez o encontro Regional de Folia de Reis, reunindo 7 mil brincantes. Por sua vez, o Pará desenvolve, no período, vários festivais em homenagem a alguns de seus produtos típicos. Em Cachoeira do Arari, as delícias do Bacuri, fruto extraído da floresta amazônica, são celebradas há 21 anos e não será diferente neste 2018 quando o festival acontecerá entre os dias 27 e 28 próximos. Outra iguaria regional, a Castanha do Pará será o ingrediente principal dos três dias de festa na cidade de Faro, entre os dias 23 e 25 de fevereiro. No dia 4 de março, Itaituba celebra o 17ª Festival do Açaí, com música e dança.
A 13ª edição do Fest Verão Paraíba, nos dias 7, 14 e 21 de janeiro, reunirá 12 atrações nacionais durante a temporada de férias na capital João Pessoa. Já em Aracaju, o Fest Verão Sergipe nos dias 19, 20 e 21 do corrente mês contará com 20 shows em uma grande prévia carnavalesca.
Nem só de frevo vive o carnaval de Pernambuco. O Gravatá Jazz Festival, de 10 a 13 de fevereiro, pertinho do Recife, une o charme da cidade serrana, de clima ameno, e as melodias do Jazz e do Blues com diversas atrações nacionais e internacionais.
No meio de tanta festa, o Ceará também se destaca. O Pré-Carnaval já começou no sábado passado, no Centro Dragão do Mar,  e continuará lá e em outros locais até a chegada dos dias próprios da folia. Shows e ouros acontecimentos festivos estão na cidade, inclusive nos grandes shoppings. E o tradicional Festival de Jazz de Guaramiranga vem aí, na época carnavalesca. Opções não faltam. (Com o MTUR). 

DE 18 A 22 DA PRÓXIMA SEMANA- ENCONTRO DE CULTURAS DO MUNDO EM IMBASSAÍ/BAHIA

O Espaço Cultural Tangará Mirim receberá, de 18 a 22 da próxima semana,  o Encontro de Culturas do Mundo, evento que levará a Imbassaí, na Bahia, artistas, professores e grupos de dança e música de países como Suíça, Argentina, Palestina, Congo, Cuba, França, Guiné e Brasil, além de representantes das etnias indígenas Guarani, Fulni-ô e Kayapó, para a realização de oficinas, concertos, vivências e fóruns culturais.
Entre as atrações internacionais, destaque para a dupla de dançarinos Koki y Pajarin Saavedra, intérpretes e coreógrafos do filme "Zonda, folclore argentino" dirigido por Carlos Saura, que vai ministrar a Oficina de Ritmos e Danças do Folclore Argentino, para a professora de dança Alexa Candrian (Suíça), que vai conduzir a Oficina de Danças dos Balcãs, e Mariama Camara, com a Oficina de Danças da Guiné.
Representando os artistas nacionais, está a dançarina e coreógrafa baiana Rosangela Silvestre, para ministrar a Oficina de Técnica Silvestre e Simbologia das Danças dos Orixás; o paraense Raimundo Rodrigues Borges, conhecido como Mestre Come Barro, que, acompanhado pelo grupo Raio de Sol, vai tocar, cantar, dançar e ensinar a marujada, folia de São Benedito, carimbó e retumbão; e a Família Menezes, do Maranhão, para apresentar o Baião de Princesas e brincadeiras cantadas. A Bahia também será representada pelo grupo O som do sisal, do Projeto de Santo Antonio de Música, pelas Mulheres do Samba de Roda, sambadeiras do recôncavo baiano, e pelo cantor e compositor Roberto Mendes, que vai apresentar um encontro de chulas, sambas-de-roda e xaréus, que fazem parte da tradição e do saber popular da cultura local. Também estará no evento a Orquestra Mundana Refugi, formada por músicos de diversos países como Palestina, Congo, Guiné, Cuba e Brasil, que vivem em São Paulo, numa apresentação com ênfase na África e suas semelhanças musicais e históricas com a Bahia, e mundo árabe e suas influências no mundo ibérico e nordestino brasileiro.
O Encontro receberá ainda grupos indígenas, que farão uma mostra de seus costumes e tradições. A etnia Guarani Mbyá, representada pelo Grupo Taguato Arandu, apresentará sons sagrados e fará vivências de temazcal (banho a vapor de purificação do corpo e da alma). Os Fulni-ô, de Pernambuco, farão vivências de canto e dança, além de mostrar seu artesanato, e os indígenas Kayapó farão pinturas corporais e apresentação de músicas e danças.

MANOEL LINHARES À FRENTE DA ABIH NACIONAL - EM FORTALEZA, A CONOTEL VOLTARÁ SERÁ REALIZADA

CENTRO DE EVENTOS DO CEARÁ
O cearense Manoel Cardoso Linhares e sua diretoria assumiram no último dia 01 de janeiro, seus cargos na Associação Brasileira da Indústria de Hotéis – ABIH Nacional, em meio a um dos maiores debates envolvendo o setor de hotelaria nos últimos anos: a regulamentação das plataformas de reservas de hospedagem e dos imóveis residenciais utilizados como meios de hospedagem. Ele é o Presidente, substituindo o empresário Dilson Jatahy Fonseca, que se houve muito bem à frente da instituição.
No seu primeiro pronunciamento, declarou o novo presidente da ABIH Nacional: “O Brasil não está na contramão de uma tendência. Pelo contrário. Hoje, o mundo todo questiona essa atividade, já que não existe locação imobiliária por uma noite, serviço típico sempre prestado pela hotelaria, destinado ao mercado de turismo”. 
De acordo com Manoel Linhares, sua administração também irá investir na promoção do associativismo como forma de debater e encaminhar os pleitos do setor de hotelaria. A ABIH Nacional e  as ABIH´s estaduais irão trabalhar para trocar informações e experiências e defender constantemente o setor. “Uma das novidades da entidade para 2018, já definidas na última gestão, e que promoverá um intercâmbio entre todas as entidades ligadas à hotelaria e ao turismo do país, será a volta da itinerância do Congresso Nacional de Hotéis – Conotel que, este ano, acontece em Fortaleza”, afirmou o novo presidente.
Com o tema “Brasil, a retomada do crescimento hoteleiro”, Linhares, em parceria com a ABIH CE, pretende reunir em Fortaleza cerca de quatro mil pessoas e ampliar a programação com a feira “Equipotel Regional”, realizada pela Reed Exhibitions Alcântara Machado (RXAM) e que reunirá fornecedores da hotelaria de diferentes áreas, como hospitalidade, alimentos e bebidas, recreação, sistemas operacionais e eventos. “O objetivo da realização da Equipotel Regional, em paralelo ao Conotel, é aproximar empreendedores, gestores e executivos do setor de hospedagem e afins com as empresas que oferecem serviços e produtos para o mercado de hospitalidade”, explicou.
Uma das grandes lideranças do setor nos últimos anos, Manoel Linhares destacou ainda que sua atuação à frente da entidade mais antiga do setor, com 81 anos de atuação, será pautada pelo equilíbrio. 
OS NOVOS PODERES - A nova diretoria é composta de nomes com atuação reconhecida no setor de turismo e hotelaria. Está assim composta: 
Presidente – Manoel Cardoso Linhares (CE); vice-presidente, Luciano de Castro Carneiro, ABIH-GO; Diretoria Administrativa - Manoel Lisboa Barbosa, ABIH-SE; vice-presidente Administrativo, Artur Maroja da Costa Pereira Filho, ABIH-PE; diretora financeira, Vanessa Pires Morales, ABIH-GO; vice-presidente financeiro, Henrique Lenz Cesar Filho, ABIH-PR; diretora da área operacional, Érica Campos Drumond, ABIH-MG; José Reinaldo Ritter, vice-diretor operacional ABIH–RS.
O Conselho Fiscal - Eduardo Fontes Neto; Alfredo Lopes, ABIH-RJ; Mauro José Luna de Vasconcelos, ABIH-AL; Gustavo Aride Guimarães, ABIH-ES; Clóvis Armando Lemos Carneiro, ABIH-PA; e Enry Saint Falbo Junior, ABIH-SP.

CALDAS NOVAS - TURISMO FAMILIAR COM ATRAÇÕES PARA TODOS OS GOSTOS

Caldas Novas é uma cidade que desponta nacionalmente como destino para turismo familiar, não por acaso. A cidade das águas termais reúne muitos atrativos, preservando o estilo interiorano, sem ficar devendo a outros locais reconhecidamente turísticos no Brasil. Como sugestão para quem vai a Caldas Novas, principalmente com a família, a sugestão é conhecer as atrações que se seguem:
BRINCAR NO ACQUA PARK – É o principal parque da cidade. O que mais atrai visitantes ao parque é a variedade de atrações para todas as idades. Entre as mais famosas, estão os tobogãs que simulam queda livre a 90° e a alturas de prédios de quase 8 andares, a maior piscina de ondas da cidade, os enormes Navio do Descobrimento e a Gruta [ideais para curtir com as crianças menores], o Rio Lento, a Rampa e os toboáguas caracol espalhados pelas grandes piscinas. O Acqua Park é administrado pelo Grupo diRoma, o mesmo que oferece 12 opções de hospedagem na cidade, portanto, o maior grupo hoteleiro do centro-oeste do Brasil.
PROVAR OS DOCES LOCAIS – Os doces de Caldas Novas têm o sabor, aroma e a textura do que é carinhosamente feito em casa. Lojas como Doces Caseiros Dona Ana, por exemplo, são abastecidas com produções feitas à 'moda antiga', em tachos e usando produtos frescos. Doces em calda, goiabada, doce de leite e de outros ingredientes, as compotas de pequi e os doces de queijo fazem sucesso. Outro doce imperdível na cidade é feito com um ingrediente típico da região. O surpreendente sorvete de pequi é uma iguaria, mas encontrada com facilidade, inclusive na Cachaçaria Vale das Águas Quentes, produtora e loja de cachaça e licores 100% artesanais. Duas dicas de compras para levar um pouco da cidade para casa.
VISITAR O JARDIM JAPONÊS – Construído na década de 80, ele recria um original Jardim Japonês com suas simbologias tradicionais. Propõe a renovação de energia, reflexão e contato com elementos naturais significativos, de acordo com fortes costumes da milenar cultura oriental. Dragões guardiões, tamareiras, Caminho do Livre Arbítrio e a Ponte da Paz são pontos de parada obrigatória no local. Além da beleza natural empolgante, os pequenos animais espalhados pelo jardim encantam a todos.
SELFIE NO MONUMENTO DAS ÁGUAS – Esse marcante símbolo da cidade é uma das atrações mais fotografadas da região. As águas que brotam da enorme escultura emitem um som que relaxa e, ao mesmo tempo, revigora. As cascatas espalhadas pela estrutura fazem sucesso nas fotos. Visita imperdível e fácil de fazer, o Monumento das Águas fica na região da entrada da cidade.
COMER EMPADÃO GOIANO – A receita do empadão goiano ganha pequenas variações de cidade em cidade, mas é em Caldas Novas que o Empadão Goiano da Tânia tem a mistura de carne de porco, frango, queijo, pequi e guariroba mais famosa da região. O restaurante oferece outros recheios tão elogiados quanto o tradicional.
OPÇÃO DE HOSPEDAGEM – Não é só a vizinhança com o Acqua Park que atrai as famílias. Apartamentos amplos, imensa área verde, 15 piscinas abastecidas com águas termais, parque aquático infantil, saunas, fartas refeições, quadras para esportes e atividades para adultos e crianças, certamente, transformaram o empreendimento no hotel de Caldas Novas, segundo avaliações do público em publicações especializadas, como o TripAdvisor, por exemplo. Ótima opção para passar o dia todo relaxando enquanto as crianças se divertem.
O Thermas diRoma Hotel Rua São Cristovão, 1110 | Setor Solar de Caldas. Reservas na central de reservas: 64 3455 9393 e 0800 648 9800; ou pelo site diroma.com.br

PARA CONHECER A COSTA DA MATA ATLÂNTICA - O PROJETO RODA SÃO PAULO ATINGE NOVE CIDADES

Um dos grandes atrativos da temporada de férias na Costa da Mata Atlântica, o projeto Roda SP já está em funcionamento e a todo vapor levando turistas entre as nove cidades que formam a região: Bertioga, Cubatão, Guarujá, Santos, São Vicente, Praia Grande, Mongaguá, Itanhaém e Peruíbe.
São 16 ônibus que fazem passeios pelo Litoral paulista. Entre os veículos há dois double deckers, dois ônibus convencionais e dois micro-ônibus com poltronas e plataformas móveis adaptados para pessoas com deficiência. Todos os veículos possuem wi-fi.
Em sua sétima edição na região, o projeto apresenta diversas novidades envolvendo opções de roteiros que permitem conhecer e aproveitar as belezas naturais, o patrimônio histórico e cultural, as praias e demais atrações dos destinos nos modernos e confortáveis ônibus do Roda SP, com acompanhamento de guias de turismo durante todo o percurso e na visitação dos atrativos. O preço da passagem é de R$ 10,00 e o passageiro pode viajar o dia inteiro. Crianças de até cinco anos viajam de graça no colo.

MAIS DE 40 ATRAÇÕES - PERÍODO DE FÉRIAS E PRÉ-CARNAVAL DO CENTRO DRAGÃO DO MAR

Lançamentos musicais cearenses, espetáculos de teatro, abertura de exposição, programação infantil e mostra de cinema compõem as Férias no Dragão. Já o Pré-Carnaval traz os blocos Chão da Praça, Iracema Bode Beat e das Travestidas, além da estreia do Rec-Beat Dragão
O início do ano já virou sinônimo de agitação cultural, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Mais de quarenta atrações compõem uma programação especial que se divide entre os ciclos programáticos Férias no Dragão – O melhor verão da sua vida e o já aguardado Pré-Carnaval do Dragão, em janeiro e início de fevereiro de 2018.
As Férias no Dragão, seguindo o ritmo já iniciado em dezembro, retomaram a potência a partir do próximo dia 5 com a temporada Sexta do Humor e o show Noite Psicodelia do Sertão, com os pernambucanos do Ave Sangria, no dia 6. Há ainda lançamentos da música cearense, espetáculos de teatro adulto e infantil, domingos de brincadeira para a criançada e a Mostra de Cinema Retroexpectativa, distribuídos ao longo do mês.
O primeiro grito do Pré-Carnaval de Fortaleza também começou com os esquentas do Bloco Chão da Praça, no dia 4; e do Bloco Iracema Bode Beat, no dia 7 últimos. A novidade está por conta do Bloco das Travestidas, no dia 2 de fevereiro; e da estreia do Rec-Beat Dragão, com shows gratuitos de Karina Buhr (PE), Larissa Luz (BA), Lucas Estrela (PA), Daniel Peixoto (CE), Mitú (Colômbia) e os Djs do projeto Viva La Pachanga (CE), no dia 20 de janeiro.
Assim como na última edição das Férias no Dragão em janeiro de 2017, a nova é marcada por lançamentos musicais do Ceará, que terão como palco também o Anfiteatro, às quintas e sextas-feiras e aos sábados, sempre às 19h, em shows gratuitos. No dia 11/01, abriram a temporada Astronauta Marinho, lançando o disco “Perspecta”, Jonnata Doll e Os Garotos Solventes, lançando vinil homônimo; e Ilya Borges, lançando o single e clipe “Canções do Mar”. Hoje, apresenta-se  Lorena Nunes, com o novo single “Bom dia, saudade”; Daniel Medina, com “Evoé!”; e Vitoriano e Seu Conjunto, com o álbum “Para manter a loucura estável”. Amanhã é a vez de Chico Muçambê e a Cambada (Sobral) e a banda Renegados, lançando o disco “Pra se sentir vivo”.

NOVO TRECHO DO VLT DE FORTALEZA EM OPERAÇÃO EXPERIMENTAL

O Veículo Leve sobre Trilhos – Ramal Parangaba-Mucuripe iniciou, no último dia 28/12, a operação experimental, entre as estações Borges de Melo e São João do Tauape. Nesta fase, o trem circula apenas em testes, sem passageiros.
“É uma etapa de ajustes, em que a linha férrea vai ser alinhada e nivelada para que o VLT possa circular depois com os passageiros, com toda segurança”, disse o secretário da Infraestrutura, Lucio Gomes, que acompanhou a primeira viagem do VLT nesse percurso. Em paralelo, neste em janeiro, serão concluídos os demais serviços no trecho, tais como drenagem, proteção da faixa de domínio, calçadas, arruamento, paisagismo e limpeza.
Prioridade para o Governo
“O VLT é prioridade para o governador Camilo Santana. Este trecho em particular, da Borges de Melo até o Mucuripe, teve que ser relicitado. Hoje, após três meses do reinício, é possível se constatar claramente o bom ritmo das obras, que está sendo tocada em várias frentes”, comemora o secretário.
O chamado trecho 2, que liga as Estações Parangaba e Borges de Melo, está em Operação Assistida, com transporte de passageiros e sem cobrança de tarifa, circulando de segunda a sexta-feira, de 6h ao meio-dia.