Pesquisar este blog

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

SISTEMA S

É amplamente sabido que o chamado “Sistema S” é a denominação dada ao “conjunto de organizações das entidades corporativas voltadas para o treinamento profissional, assistência social, consultoria, pesquisa e assistência técnica, que têm seu nome iniciado com a letra S”, como define o Google” em suas informações. Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai); Serviço Social do Comércio (Sesc); Serviço Social da Indústria (Sesi); e Serviço Nacional de Aprendizagem do Comércio (Senac) são as organizações do grupo mais conhecidas, as que aparecem sempre nos noticiosos de jornais e revistas e outras formas de comunicação. Mas há outros órgãos incluídos no sistema, como o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar); Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop); e Serviço Social de Transporte (Sest), menos divulgados mas também com inestimável folha de serviços. O nosso objetivo neste registro é dizer que temos muito respeito por estas entidades, cada qual extrapolando os benefícios da categoria específica para se projetarem como autênticas propulsoras do progresso do País. Estas paraestatais não são propriamente peso para o Governo, uma vez que se sustentam de verba arrecadada nas suas respectivas classes a que pertencem. As verbas anualmente destinadas a cada uma são substanciosas, daí a cobiça constante para que o ente arrecadador, o governo, faça uso do “cacau” para outros fins. A manobra é mais ou menos esta. Certamente, não somos expert no assunto. Contudo, vemos que o interesse seria desviar parte da verba que está bem empregado para outros fins, alguns sabidamente contaminados pela falta de lisura. Como bom exemplo da atuação do Sistema S, citamos o competente trabalho do Senac, Sesc, Senai, Sesi e Sebrae no Ceará. Com seriedade e sempre na tentativa de oferecer serviço de ponta, há dezenas de anos o Estado é altamente beneficiado no seu alto índice de progresso pela atuação destes órgãos na formação e qualificação de milhares de pessoas. Senac e Senai, por exemplo, vêm proporcionado força motora indispensável para que aqui se instalem grandes indústrias e firmas mundiais, contribuindo com uma mão de obra suficientemente qualificada, composta de jovens e adultos que se prepararam nas salas de aula da duas entidades do comércio e da indústria. E o que dizer da objetiva e respeitável atuação do Sebrae na segurança, qualificação profissional e orientação para inserir no mercado pequenos e médios profissionais? Sem dúvida, o Brasil vem mudando para melhor com a atuação do pessoal do S.

AMANHÃ O ENCERRAMENTO - RECORDE DE PARTICIPANTES NO 38º CONGRESSO DE PEDIATRIA

Pediatras de várias partes do Brasil se reunidos em Fortaleza
Mais de seis mil profissionais estão participando do 38º Congresso Brasileiro de Pediatria, certame que está acontecendo no Centro de Eventos do Ceará desde último dia 10.  A nova marca está sendo celebrada pela diretoria da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), organizadora do importante encontro, que será encerrado amanhã, 14. O tema central do evento é “Eu pediatra, cuidando do futuro do Brasil”. Conferencistas de renome nacional e internacional fazem parte da programação que contempla temas do cotidiano, do avanço do conhecimento, das atualizações pertinentes à prática médica e da luta pela valorização do pediatra.
As palestras e outras atividades acontecem numa estrutura de aproximadamente 30 mil m², que oferece inúmeras facilidades para os participantes. Um dos destaques da programação é o Fórum de Defesa Profissional, em que os pediatras têm oportunidade de debater democraticamente a valorização profissional e os rumos da especialidade no Brasil.  .
O evento também abre espaço para discutir as formas de prevenção e combate ao desaparecimento de crianças e de adolescentes no País. Este é mais um desdobramento de parceria estabelecida entre a SBP, organizadora do encontro, e o Conselho Federal de Medicina (CFM), que desde 2011 tem liderado um movimento nacional em favor desta causa.
CERIMÔNIA DE PREMIAÇÃO – Na quarta-feira (11), a partir das 10h, houve a cerimônia de premiação dos três melhores trabalhos na sessão de abertura do 38º CBP. Na oportunidade, o melhor trabalho inscrito de cada Unidade da Federação também recebeu uma menção honrosa. Após o término do Congresso, os trabalhos ficarão disponíveis no site da SBP no item “Anais dos Congressos”.
SIMPÓSIO – Como parte do esforço contínuo de dar visibilidade e estimular à amamentação no Brasil, o 38º Congresso conta ainda com o I Simpósio de Aleitamento Materno. Dois dias estão dedicados à apresentação, análise e debate sobre diversos aspectos relacionados ao tema. 
Durante o Simpósio, também ocorrem discussões de casos e a criação de um espaço no qual os pediatras apresentam suas próprias experiências. Dentre os palestrantes, estão previstos depoimentos e exposição de casos de especialistas de todo o País e também do exterior.
Os participantes do evento podem acompanhar outras atividades que acontecem simultaneamente ao 38º CBP, como o 15º Congresso Brasileiro de Ensino, o 10º Congresso Brasileiro de Pesquisa, o 3º Congresso Brasileiro de Médicos Residentes, o 10º Congresso Brasileiro de Reumatologia Pediátrica e o 3º Encontro de Ligas de Pediatria

CURSO DE CAPACITAÇÃO DE TURISMO

A Secretaria Municipal do Turismo de Fortaleza (Setfor), em parceria com o Ministério do Turismo, lançou o curso profissionalizante “Brasil Braços Abertos”. A capacitação em Turismo, totalmente gratuita, oferece módulos voltados para a área de atendimento, comunicação e gestão. Com 80 horas aulas online, o curso é realizado à distância, em ambiente digital, com videoaulas e atividades.
Durante o curso, o estudante pode acompanhar a respectiva pontuação por meio da funcionalidade “Ranking”. Alcançada a pontuação máxima, é só acessar o link http://brasilbracosabertos.turismo.gov.br/certificado e imprimir o certificado de conclusão.
As inscrições devem ser realizadas até o dia 16 de outubro, através do Canal Brasil Braços Abertos.

NOS TEMPOS DA CORRUPÇÃO

É NECESSÁRIO TAMBÉM RECONHECER A “MEA CULPA” - A sociedade brasileira vem sendo, já há alguns anos, violentada com a enxurrada de denúncias, inquéritos, processos, condenações, por conta da apuração de avassaladores casos de corrupção. O país está submerso num turbilhão de personalidades envolvidas, o que violenta a nação, deixando-a na mais intranquila fase da sua vida política.
A reflexão que nos tem ocupado diuturnamente, nestes últimos tempos, nos conduz a introspectar para exame da auto-crítica a que nos deve conduzir permanentemente. Este auto-exame abala-nos ao constatarmos que a corrupção nasce no que se interpreta como sendo as mais insignificantes ações que, nunca raro, passam despercebidas como descuidados malfeitos. No dia-a-dia são demasiados os exemplos do comportamento desviado, que transitam despercebidos na sua essência.
A ÉTICA COMO “NORTE” DA ATIVIDADE - Na realidade, o que vem ocorrendo no dia-a-dia é que muitos não se apercebem de que a ética tem que ser fundamento basilar na conduta humana. Seja nas relações íntimas, interpessoais, seja no exercício profissional, sobretudo nessa condição. A ética é que nos conduz a perseguir a retidão de procedimento, ou, simplesmente, encaminhar-nos pelas trilhas estreitas da conduta ilibada.
Nem sempre nos damos conta de que as mínimas ações estejam prenhes de incorreções de desempenho. Esta inadvertência faz com que nos deixemos perseguir fáceis pela trilha do êrro eventual. Até mesmo na intimidade das famílias ou no fugaz trânsito da coletividade, o não obedecer inocentes regras de conduta, traduz-se, na realidade, nos primórdios da irregularidade de comportamento.
A IMPRENSA DEVE SER PALADINA -  Sou defensor intransigente de que o profissional da comunicação deve ser o exemplo maior da ética e da moral. Como informador e formador de opinião, há que se limitar de modo rigoroso nos limites dessas duas virtudes: a ética e a moral que, aliás, se confundem. Sobretudo porque somos o espelho, o modelo que, no dia-a-dia, se encontra  exposto ao exame, a admiração ou a execração de um púbico de infinitas dimensões. Ainda mais por isto, mas e sobretudo pelo “dever de ofício” – pois que deve ser o apanágio natural do comportamento humano – distanciar-se desses padrões é contribuir para a deformação da sociedade. 
AINDA QUE A REGRA SEJA POSITIVA, HÁ EXCEÇÕES - O que testemunhamos, felizmente, é que a regra geral é extremamente positiva, pois que o Brasil é servido por uma imprensa sadia, pautada pelos mais rigorosos princípios éticos e compromissada apenazmente com a verdade, com a fidelidade dos fatos e da sensatez nas opiniões que emanam do seu exercício.
Nos dias que correm, por sinal, uma particularidade do exercício da comunicação tem sido afirmada cada momento com maior ênfase. É a imprensa investigativa que, por sinal, está a cada passo mais aprimorada, conduzindo a nação brasileira a conviver com uma realidade absolutamente convulsiva.
MAUS EXEMPLOS QUE IRRITAM - O que causa espécie, porém, são pontuais situações que, mesmo rarefeitas na sua exposição, incomodam e responsabilizam. Seguindo o adágio de que “cada cabeça é um mundo”, procuramos entender as exceções. Mas não nos podemos distanciar da repulsa, nem minimizar a responsabilidade, tão desastrosa e comprometedora é a sua exposição.
Como o exemplo de veículo alternativo que insere em suas edições mensagens publicitárias, a revelia do titular do potencial anunciante. A ausência de autorização, por certo, já constitui uma agressão a espontaneidade da iniciativa. Muito pior é a desastrosa investida na pretensão de acolher o ressarcimento pecuniário de tão exacerbada violência. Tanto quanto valer-se da condição profissional para induzir a concessão de vantagens indevidas.
Desgraçadamente, damo-nos de frente, por vezes, com essa situação, o que nos incomoda e molesta, principalmente pelo fato de, nunca raro, identificarmos os agentes ativo e passivo de tamanha agressão. É uma verdade da qual, lamentável, não podemos desconhecer. Muito ao invés, é-nos imperativa a repulsa explícita para que não permitamos que a exceção possa macular a regra. Identificar, então, a excrescência é a ferramenta de mais-valia contra prática tão mesquinha.

TURISMO DESENVOLVE-SE MELHOR COM PARCERIAS

Antonio Jose de Oliveira
Presidente da Abrajet CE
Como alguns (não estamos generalizando) gestores públicos e da iniciativa privada, ligados, direta e indiretamente, ao segmento turismo, continuam desconhecendo que o Turismo é uma atividade plural, voltamos a escrever sobre o assunto em pauta.
No turismo dos nossos dias, apenas a parceria é capaz de incrementar as atividades desse importante, porém ainda incompreendido segmento econômico. Sozinho, minha gente, ninguém faz nada e não vai a lugar algum. E tem mais: tudo precisa ser realizado com muita humildade, competência e sem estrelismo. Que os vaidosos prestem atenção: no turismo, devem aparecer somente estrelas, nas noites, para encantar a população e os turistas.
Tolos são aqueles que julgam ser o turismo uma atividade singular e individualizada. Ao contrário, Turismo é trabalho de muitos e sem paralelismo de ações. Singular mesmo somente o fenômeno turismo, quando explorado em parceria e com profissionalismo. No turismo, calha bem o famoso adágio: “Andorinha, sozinha, não faz verão”. O correto é : todos, irmanados, por uma pessoa: o turista. Tudo deve girar em torno dele. Ele é o Rei.
É costume algumas pessoas do “trade” esquecerem-se de que o visitante é quem determina o que deve ser feito, para aumentar o seu grau de satisfação, relacionado à população e ao destino visitado. Tão simples, não é mesmo? Mas, como é difícil de ser posto em prática! É incrível mesmo. Para destacar o nosso ponto de vista, sempre dizíamos e escrevíamos que o exemplo maior, no setor público do turismo nordestino, era dado pelo Estado da Bahia, precisamente pela Bahiatursa. 
Na verdade, a Bahia, quando era presidente, por três vezes, da Bahiatursa e, depois, secretário estadual da Cultura e Turismo, o competente e carismático Paulo Gaudenzi, sabia vender bem o produto turístico, existindo maior integração da comunidade turística do que nos dias atuais. Lá, respirava-se turismo o dia inteiro. 
No Estado Ceará, é importante registrar muito vem sendo feito pelo Governo do Estado e pela prefeitura de Fortaleza, por intermédio das secretarias estadual e municipal do turismo, com a divulgação dos atrativos, nas mídias e nos eventos nacionais e internacionais, nos principais centros emissores de turistas do Centro-Sul e Sul do Brasil e alguns Estados do Nordeste. 
Bem! Sem a pretensão de sermos o “dono-da-verdade”, afirmamos que atividade plural significa buscar parcerias. Ser parceiro é falar no plural “Nós” e não “Eu”. É ter coragem e ser ético e transparente, ao dizer: nós realizamos isso e aquilo. Nós estamos contribuindo para o desenvolvimento sustentável do setor. Nós queremos o melhor para o turismo cearense. Nada, pois, do “EUQUIPE”.
É importante reconhecer, também, os esforços, os empenhos e as ações das iniciativas pública e privada, as quais ajudam a acelerar o processo de desenvolvimento turístico, na “Terra de Iracema”, e na “Loira desposada do Sol”. Assim, minha gente, é que se deve falar e trabalhar. Afinal, turismo – reforçamos - jamais deixará de ser uma atividade plural. No turismo, vale aplicar o lema do cooperativismo: UM POR TODOS E TODOS POR UM. 
Ah! Por último, uma advertência: pessoas vaidosas, com o “rei na barriga” e inescrupulosas não servem para participar da comunidade turística. Turismo – minha gente -  vai um pouco além: passa por humildade, competência, ética, profissionalismo, diálogo, dedicação, companheirismo e zelo pelas coisas públicas e privadas.

PORTO VELHO - A IMPORTÂNCIA DA ESTRADA DE FERRO MADEIRA-MAMORÉ

Estação da Estrada de Ferro
A história de Porto Velho, que comemorou 103 anos na última segunda-feira (02/10), está diretamente ligada à construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, iniciada em 1907 para o transporte da borracha extraída da floresta e responsável pela ligação do município à Guajará-Mirim, na fronteira com a Bolívia. Hoje, a ferrovia é um importante atrativo turístico na capital, sendo que 7 dos 366 km da estrutura original foram restaurados para fins turísticos.
Entre os atrativos centenários, a Vila Candelária, e o complexo cultural de galpões, estação, museu ferroviário, vagões e locomotivas remontam às origens da cidade, banhada pelo rio Madeira, fundada 7 anos depois, em 2 de outubro de 1914. As Três Marias, caixas d`água construídas em módulos metálicos trazidos dos Estados Unidos, também são símbolos históricos de Porto Velho e destacam-se na paisagem urbana.
As praias dos Periquitos e da Areia Branca, os passeios de barco pelo rio Madeira e a badalada Calçada da Fama são atrativos turísticos que mostram a intimidade da cidade com o “braço direito” do rio Amazonas e uma das principais ligações de Porto Velho com outras cidades da região. A viagem mais longa, até Manaus, dura 3 dias de navegação. São 1.450 km de extensão desde a Cordilheira dos Andes. A cachoeira de Santo Antônio, a força das corredeiras e a reserva extrativista do Lago Cuniã, entre o Alto e o Baixo Madeira, demonstram a diversidade de atrativos naturais, de ecoturismo e aventura de Porto Velho. Já na margem do rio Guaporé, outro patrimônio natural do município, fica o Real Forte Príncipe da Beira, próximo da fronteira com a Bolívia. É o principal monumento do patrimônio histórico de Rondônia.
O Palácio Getúlio Vargas, antiga sede do governo, hoje Museu Palácio da Memória Rondoniense; a Catedral Sagrado Coração de Jesus e a igreja de Santo Antônio do Rio Madeira estão entre as referências arquitetônicas e religiosas de Porto Velho. Outro marco da cidade é o Mercado Central onde, além da diversidade do artesanato amazônico, o turista encontra pratos típicos da região. A variedade de peixes de água doce - dourado, surubim, tambaqui e tucunaré - exerce forte influência na culinária local. Aos sabores e temperos herdados dos povos da floresta, une-se também a gastronomia dos colonos nordestinos - que trabalharam como soldados da borracha e, depois, garimpeiros - e também dos gaúchos que mais tarde ocuparam a região com o agronegócio.
A histórica Vila de Santo Antônio de onde, inicialmente, partiria a estrada de ferro abriga a antiga Capela de Santo Antônio de Pádua (1914), a Cachoeira de Santo Antônio e a hidrelétrica de mesmo nome, cuja obra, assim como a estrada de ferro, atraiu milhares de pessoas para o estado. Já o Centro Cultural Indígena, além de ser uma referência sobre os nativos da região, conta a história do Marechal Cândido Rondon.
Aliás, o nome do estado é uma homenagem ao sertanista, responsável pela ligação, por telégrafo, entre o litoral e o interior do Brasil. No final do século XIX o país já se comunicava com a Europa, mas ainda não fazia ligações internas. Rondou percorreu 77 mil quilômetros desbravando os sertões, inclusive territórios indígenas. Ele foi um dos idealizadores da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré.(Com o MTUR).

EM BELO HORIZONTE - 1ª FEIRA E CONGRESSO DE CONFEITARIA DE MINAS GERAIS

Danielle Neves, conhecida como Dani Formigueiro
Para o público do setor de confeitaria,  será realizado em Belo Horizonte a 1ª Feira e Congresso de Confeitaria de Minas Gerais, Confeitar Minas 2017, nos dias 21 e 22 de outubro, no Ouro Minas Palace Hotel (Av. Cristiano Machado, 4001). 
Com o tema Faça e Venda para o Natal, serão dois dias com feira, palestras, workshops e cursos. Chefs confeiteiros e palestrantes renomados (veja programação no final do texto) vão compartilhar seus conhecimentos com centenas de pessoas que já empreendem ou sonham em ter seu próprio negócio na área da confeitaria. O objetivo do evento é apresentar novidades e tendências do mercado para que os participantes possam se destacar da concorrência, alavancar as vendas, aperfeiçoar ou iniciar um negócio. 
O custo para participar do evento é R$ 10,00, por dia, por pessoa, com direito a visitar a feira e os estandes, assistir às aulas e demonstrações nos próprios estandes, além de ter acesso a palestras, aulas e workshops nas salas do hotel. A programação também inclui aulas e workshops avançados, cujo pagamento é à parte.
A expectativa da organização do evento é de receber 1.000 pessoas por dia, de todas as regiões de Minas Gerais e de outros estados. A Confeitar Minas 2017 promoverá capacitação qualificada, contato com grandes nomes do cenário gastronômico nacional, troca de experiências e relacionamento com as principais indústrias do ramo confeiteiro. 
A organização da Feira é da confeiteira mineira Danielle Neves, conhecida como Dani Formigueiro, com empresa homônima que produz pão-de-mel, trufas, bombons, tortas e sobremesas. 

CAMPANHA: "MÉXICO, UM MUNDO EM SI MESMO"

Pirâmide de Chicken Itza - México
Na cidade de Nova Iorque Conselho de Promoção do Turismo do México (CPTM) lançou sua nova campanha global "México, Um Mundo Em Si Mesmo". A campanha representa um novo capítulo no posicionamento e promoção global da marca turística México e concentra-se nas experiências vividas e multifacetadas que fazem seus visitantes voltarem a visitar repetidas vezes. "México, Um Mundo Em Si Mesmo", destaca a imensidão e a diversidade da oferta turística do México e vem em um momento em que o país é classificado como o 8º país mais visitado do mundo (ranking 2017), depois de ter se classificado em 15º na lista em 2012 (fonte: OMT), superando significativamente o crescimento médio da indústria do turismo em todo o mundo.
Ao contar histórias sobre as diversas experiências que o México oferece através de seus destinos para uma grande variedade de viajantes, a campanha se concentra no renomado posicionamento do México como um mega destino. "Um Mundo em si Mesmo" também destaca o aspecto colorido, mágico e, até mesmo, surrealista do México, que tem inspirado exploradores, artistas e filósofos por milhares de anos. Salvador Dalí, o aclamado e excêntrico artista espanhol, afirmou sarcasticamente: Não há como voltar para o México. Não posso ficar em um país que é mais surrealista do que as minhas pinturas". 
Nada capta melhor esse surrealismo do que a celebração do Dia dos Mortos. Uma data em que os turistas podem ficar imersos nesta tradição que evoluiu ao longo de milhares de anos, onde famílias e amigos mexicanos honram e lembram seus entes queridos com altares, comida, flores, decorações coloridas e festas que simbolizam como os mortos ainda dançam e comemoram com os vivos. 
O diretor de marketing da CPTM, Emmanuel Rey, afirmou: "Agora mais do que nunca, é hora do México se conectar com os turistas em um nível mais pessoal. Um Mundo em si Mesmo conquistará os consumidores ao compartilhar a diversidade de experiências que o México tem para oferecer e, principalmente, desafiará os turistas a viverem suas experiências ao máximo, despertando a imaginação e garantindo que viajar é descobrir um mundo em si mesmo". 

MAPA ETNO-HISTÓRICO REÚNE LÍNGUAS INDÍGENAS DO BRASIL

Uma das mais célebres obras cartográficas produzidas no Brasil, em 1943, considerada um marco dos estudos sobre as línguas e culturas indígenas, está disponível na internet no portal do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). São mais de 900 referências sobre etnias e línguas indígenas coletadas entre os séculos XVI e XX catalogadas no Mapa Etno-Histórico do Brasil e Regiões Adjacentes, de Curt Nimuendajú.
 Utilizando a técnica de restauração digital, a versão original do mapa, que mede quatro metros quadrados, foi fotografada quadrante por quadrante, em alta resolução. Com isso, será possível, na versão digital, visualizar as informações em tamanho ainda maior que em sua versão física. Além da versão digital do mapa, na mesma data será lançada uma edição revisada e ampliada da obra – um mapa e um livro (impresso e digital).
A digitalização do mapa é parte do projeto Plataforma Interativa de Dados Geo-Históricos, Bibliográficos e Linguístico-Culturais da Diversidade Linguística no Brasil, realizado pela Universidade Federal do Pará (UFPA) e pelo Iphan, por meio da equipe técnica do Inventário Nacional da Diversidade Linguística do Departamento do Patrimônio Imaterial (INDL/DPI/Iphan).  
Os coordenadores editoriais, Marcus Vinicius Carvalho Garcia (Iphan) e Jorge Domingues Lopes (UFPA), contam que lançar a publicação de uma nova edição do Mapa Etno-Histórico do Brasil e Regiões Adjacentes e disponibilizar a versão digitalizada do original na internet é tornar acessível à sociedade um dos mais importantes documentos etnográficos produzidos no Brasil. A reedição apresenta uma revisão completa do documento, contendo, inclusive, pequenos ajustes que foram identificados no processo de pesquisa. A publicação, de 120 páginas, está organizado em forma de coletânea, com textos que servem como guias para a leitura do mapa.
O projeto conta com o apoio técnico e institucional do Museu Paraense Emílio Goeldi, Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

A OKTOBERFEST CONTINUA MOVIMENTANDO BLUMENAU

Rainha, Bruna Ponchielli (centro); a primeira princesa,
Vanessa Salvador (dir); e a segunda princesa, Bianca Tribess(esq)
Começou anteontem, em Blumenau, a 34ª edição da Oktoberfest. O tradicional evento constitui-se a maior festa alemã no Brasil e segunda mais importante do mundo, com a cerveja sendo a grande vedete da festa.
Como nos anos anteriores, a cidade catarinense está recebendo milhares de turistas, que se juntaram à população local em momentos alegres e descontraído, todos inspirados na secular Oktoberfest de Munique
Encenações  folclóricas, memória e tradições alemãs são a grande motivação. A miscigenação saudável é o que se constata durante os dias do evento, repleto de desfiles e outras manifestações saudáveis, 
Uma das grandes atrações, o  Concurso Nacional de Tomadores de Chope em Metro, no Parque Vila Germânica,  acontece todas as noites, entre homens e mulheres, maiores de 18 anos. O consumo de cerveja, como vem ocorrendo, deverá chegar a 7 milhões de litros no final. Não ficam atrás as danças folclóricas alemãs, que encantam os visitantes que comnparecem à cidade catarinense.
Esta 34º  Oktoberfest de Blumenau irá até o dia 22, quando será conhecido o tomador de chope que fez o menor tempo em todos os dias de competição, nos naipes masculino e feminino.

EM DIA COM O FESTURIS 13/09/2017


FALTAM MENOS DE 30 DIAS PARA A FEIRA DE NEGÓCIOS DO FESTURIS 2017- Faltam apenas 30 dias para a mais importante Feira de Negócios Turísticos da América do Sul. O FESTURIS Gramado – Feira Internacional de Turismo de Gramado ocorre de 09 a 12 de novembro e vem repleto de novidades, espaços consagrados e novas tendências para o segmento.
Em sua 29ª edição, a Feira de Negócios vai ocupar 22 mil metros quadrados, no Serra Park. Detentora de um formato único na indústria turística, a Feira impulsiona a capacitação, promoção e principalmente a comercialização das marcas participantes. Os números alcançados no último ano evidenciam este perfil profissional. Em 2016 foram mais de R$253 milhões de negócios gerados durante os dois dias de feira; 8,031 profissionais compradores e 2.000 marcas expositoras.
Os organizadores esperam um crescimento de 10 a 12% com relação a edição de 2016, em número de expositores e participantes.
As grandes novidades de 2017:
Festa Oficial assinada por Avianca e Redetur
Espaço FESTURIS Gastronomia com arenas gastronômicas
Espaço Inovação e Tecnologia com o Startup Corner onde 5 startups com soluções para o setor turístico estarão participando
Espaço Business, espaço com taxas especiais para que todos possam participar da feira
Mudança no Espaço LGBT que passa a ter formato ilha com balcões de negócios para os espositores
Mudança no Espaço MICE Corporativo que terá agendamento obrigatório
Participação do Ministério do Turismo com 500 metros quadrados de área trazendo todos os estados e regiões do país para Gramado
Pesquisa de impacto econômico e de impacto ambiental será realizada pela Universidade de Caxias do Sul
Nova marca, novo site e novo layout que serão apresentados durante o evento visando as comemorações dos 30 anos
Congresso no Palácio dos Festivais aberto ao público e com grandes cases como Caito Maia, Ceo Chilli Beans
Confirmação da presença do ministro do Turismo do Brasil, Marx Beltrão
Participação de destinos internacionais que apostam no FESTURIS para captar o turista brasileiro. Estarão em Gramado com stands próprios Vietnã, Polônia, Itália, México, Peru, Texas, Las Vegas, Seychelles, Tahiti, Mônaco, Argentina, Uruguai, Los Cabos, Visit Califórnia, República Dominicana, Santa Mônica, Cuba, Santiago de Compostela, entre outros.

AVIANCA E REDETUR PROMOVEM FESTA OFICIAL DO FESTURIS - Uma das grandes novidades da próxima edição do FESTURIS é a Festa de Boas Vindas AVIANCA/REDETUR, que ocorre na Level UP, antigo Bill Bar Gramado. A festa ocorre no dia 09 de novembro, a partir das 22h30.
Após alguns anos sem uma grande festa de boas vindas, o evento volta com tudo e será realizado através de uma parceria selada entre Avianca Brasil e Redetur com o FESTURIS.
Em um ano difícil para a economia nacional, FESTURIS, Avianca e Redetur comemoram excelentes resultados, fruto de investimentos realizados em favor do turismo nacional e pela oferta de novos produtos. Por isso, o ano encerra com uma grande comemoração em Gramado. Será um abraço das empresas e do evento aos profissionais do trade nacional e internacional que deram suporte e possibilitaram o sucesso das ações e iniciativas da Avianca, Redetur e FESTURIS ao longo do ano.
A festa é exclusiva aos participantes credenciados no FESTURIS e promete muita badalação, atrações de alto nível e momentos de grande confraternização

PADROEIRA DO BRASIL - UMA MULTIDÃO REVERENCIOU NOSSA SENHORA APARECIDA

As comemorações da Festa da Padroeira do Brasil, com o tema Senhora Aparecida: 300 anos de Bênçãos e de Graças, tiveram início no dia 10, na cidade de Aparecida, em São Paulo. Ontem, (12), às 9h30, no monumental templo da cidade, houve a missa solene em comemoração aos três séculos da aparição da imagem, oficiada pelo cardeal italiano Giovanni Battista, representante do Papa Francisco nas festividades.
Aconteceu ainda uma procissão solene, no final do dia, e um show com a apresentação dos músicos Daniel, Fafá de Belém, Renato Teixeira, Padre Fábio de Melo e Agnaldo Rayol, entre outros.
Conforme cálculos, cerca de 170 mil peregrinos estiveram na cidade. Fiéis de todo o país se dirigiram até o santuário, inclusive a pé, em romaria. Pela Via Dutra, em São Paulo, passaram 5.453, entre os dias 1 de setembro e 10 de outubro, sendo 1.278 somente na terça-feira (10), segundo a CCR 
Rainha do Brasil
A HISTÓRIA - Era outubro de 1717, três pescadores - João Alves, Felipe Pedroso e Domingos Garcia - ficaram encarregados de conseguir peixe para a festa que a Vila de Santo Antônio de Guaratinguetá iria oferecer ao governante da capitania hereditária de São Paulo e Minas de Ouro, que estava de passagem pela região. O problema é que, naquela época, não era tempo de peixe naquele mês.
Após várias tentativas puxando a rede no Rio Paraíba do Sul, um pedaço do corpo de uma imagem de Nossa Senhora Conceição apareceu para os pescadores. Curiosos, eles lançaram a rede mais uma vez e pescaram a cabeça da imagem, que se encaixou perfeitamente ao corpo. Eles colocaram a imagem da santa no barco. E depois disso, os peixes começaram a aparecer, em quantidade abundante, tão grande que quase fez o barco virar, segundo os relatos históricos da tradição católica.
A imagem da santa foi então levada para a casa de Silvana da Rocha Alves, esposa de Domingos, mãe de João e irmã de Felipe, que juntou as duas partes com cera e fez um altar para a santa. E foi ali que teve início a devoção à santa: todos os sábados os moradores iam até a casa de Silvana para rezar para Nossa Senhora - que depois tornou-se padroeira do Brasil. 
Anos depois, já em 1732, o pescador Felipe Pedroso entregou a imagem a seu filho, que construiu o primeiro oratório aberto ao público. A partir daí, foi construída uma capela, uma igreja, uma basílica até que, em 1946, foi lançada a pedra fundamental para a construção do novo santuário, o quarto maior do mundo, iniciada em 1955.
SANTUÁRIO NACIONAL - O santuário recebe, anualmente, cerca de 12 milhões de peregrinos. É o maior santuário do mundo dedicado a Maria. Foi declarado de âmbito nacional em 1984, pela CNBB.
As atividades religiosas no local tiveram início definitivamente em 1982, quando a imagem foi transladada da Basílica Velha para a nova Basílica.
A IMAGEM - A imagem original de Nossa Senhora Aparecida, confeccionada em terracota (barro cozido), sofreu um ataque no dia 16 de maio de 1978, quando foi quebrada em mais de 200 pedaços (um jovem transtornado a teria arremessado ao chão). Ela foi levada ao Museu de Arte de São Paulo (Masp), onde a artista plástica Maria Helena Chartuni começou o trabalho de reconstituição. Neste mesmo ano, a imagem foi restaurada e levada de volta ao Santuário Nacional de Aparecida.
Em 2012, a imagem foi tombada pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo (Condephaat). Até hoje, continua exposta no nicho do Santuário Nacional de Aparecida.

EM FORTALEZA - MULTIDÃO TAMBÉM HOMENAGEOU A PADROEIRA DO BRASIL

Procissão de Nossa Senhora de Nazaré 
Como ocorreu em todo o Brasil, principalmente na cidade de Aparecida, em São Paulo, os católicos de Fortaleza também prestaram ontem significativas a Nossa Senhora de Fátima. Em todas as igrejas houve missas e atos em honra à mãe de Jesus.  
A igreja da Paroquia de Nossa Senhora de Nazaré, no bairro Montese, foi pequena o dia inteiro para receber os  milhares de fiéis que compareceram aos atos em homenagem a Nossa Senhora de Fátima. A partir das 6 horas da manhã, foram rezadas sete missas, sempre com o templo totalmente lotado.  À tardinha, a multidão de fiéis de toda a cidade participou da procissão pelo bairro, a qual terminou com uma missa solene, ato final das comemorações. 
NA IGREJA DE FÁTIMA – Como é tradição em todos os meses do ano, os dias 13 são especiais na Igreja de Nossa Senhora de Fátima, no bairro do mesmo nome. São oficiadas missas durante todo o dia comemorando a data do aparecimento da Virgem aos  três pequenos pastores portugueses, na Cova da Iria. Hoje, contudo, os atos religiosos na Igreja de Fátima serão ainda mais intensos e solenes, pois a paroquia se une às comemorações sobre o resgate da pequena imagem da Santa, em duas partes, por três pescadores, no Rio Paraíba do Sul, em 1717. Afora as celebrações de missas, iniciadas às 5 horas, à tarde/noite uma grande procissão conduzindo a imagem de Nossa Senhora sairá da igreja do Carmo até a Igreja de Fátima, onde uma missa festiva marcará o final das homenagens. 

MAIS DE 2 MILHÕES DE PESSOAS NO CÍRIO DE NAZARÉ

A Berlinda de Nossa Senhora está se
aproximando da Av. Benjamin Constant
Com histórias de vida diferentes, mas com paixões e fé similares no coração, no último domingo (8), mantendo uma tradição secular, mais de dois milhões de fiéis participaram da caminhada final, no encerramento das festas do Círio de Nazaré, em Belém do Pará.
A programação da 225ª edição do Círio de Nazaré foi sempre movimentada. Começou no dia 03, com a abertura oficial, na Casa de Plácido, espaço que acolhe os romeiros que vão à festa. Nos dias seguintes, houve o início da vigília de oração e adoração, a missa de apresentação do manto de Nossa Senhora e as romarias fluviais e rodoviárias.
No encerramento, na catedral de Belém, no domingo, às 5h, houve a missa e o Círio, em um circuito de 3,6 quilômetros, que após algumas horas  chegou à Basílica de Nazaré 

NOVOS VOOS - PERNAMBUCO E AZUL COMEMORAM O PRIMEIRO ANO DO HUB

Aviões no aeroporto
Em comemoração ao primeiro ano de implementação do Hub da Azul no Estado e do crescimento de ligações diretas do Recife com mais 12 cidades, a Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco e a Azul Linhas Aéreas realizaram uma cerimônia no Palácio do Campos da Princesa, no Recife. Durante o evento foram apresentados os números do Hub e anunciados três novos voos internacionais e o início da operação dos voos regionais (Caruaru e Serra Talhada).
Em 2016, Pernambuco tornou-se uma das principais conexões aéreas do Nordeste. Isso porque a Azul implementou voos regulares para 12 novas cidades partindo do Recife.  Atualmente a capital pernambucana conta com conexões diretas com: Aracaju, Belém, Belo Horizonte, Curitiba, Fernando de Noronha, Fortaleza, São Paulo (Guarulhos), Goiânia, Juazeiro do Norte, João Pessoa, Maceió, Natal, Petrolina, Ribeirão Preto, São Luís, Salvador, Teresina, Uberlândia, Campinas, Campina Grande, Parnaíba e Jericoacoara. Na alta temporada, Cuiabá e Paulo Afonso também serão operados. Com o Hub, a Azul passou a operar 45 ligações diárias para 22 destinos dentro do país.
O crescimento foi corroborado pelo resultado de um estudo promovido pelo setor de pesquisas da Empetur sobre o impacto do Hub. Em 2016, pousaram no Aeroporto Internacional do Recife 11.369 aeronaves da companhia. No ano anterior, o número foi de 8.013 aeronaves. Uma variação de 41,8%. O desembarque de passageiros da Azul também apresentou crescimento de 58,5%. Em 2016 chegaram 928.959 pessoas no Recife, contra 585.800 em 2015.
NOVOS VOOS INTERNACIONAIS – Durante o evento foram anunciados três novos voos internacionais operados pela Azul Linhas Aéreas. As cidades de Rosário e Córdoba, na Argentina, serão servidas com voos diretos, uma vez por semana, com as aeronaves Airbus A320neo, que têm capacidade para até 174 assentos. Fort Lauderdale, nos EUA, ganhará operações partindo de Recife, duas vezes por semana, com as aeronaves Airbus A330, com capacidade para 271 assentos. A operação dos novos voos acontece no primeiro semestre de 2018. Os horários de Fort Lauderdale ainda estão em definição.

TERÇA-FEIRA, O SEBRAE/CE PROMOVEU IMPORTANTE REUNIÃO

Apresentação diretora da Pratica Eventos Enid Câmara
Reunindo expressivas lideranças, representantes da cadeia produtiva do Estado e jornalistas, na tarde da última terça-feira, 10, o Sebrae/Ceará promoveu importante reunião no seu auditório, com objetivos variados, todos voltados para o crescimento do Estado, especialmente do turismo. 
No Seminário Turismo Mais Inteligente - Oportunidades de Negócios, com a participação da  Aicep Portugal Global e da Prática Eventos, temas significativos foram apresentados. O assessor técnico Marcos Gondim discorreu sobre a Importância do Sebrae para a competividade dos MPE's. Em seguida, o Superintendente do Sebrae/Ceará, Joaquim Cartaxo, fez amplo relato as respeito do que o órgão está fazendo para a capacitar e organizar pessoas nas rotas das Falésias (Litoral Leste), Verde do Café (Maciço de Baturité), da Ibiapaba e do Cariri, também na Rota das Emoções, todas elas aptas a dar um impulso significativo ao turismo não apenas do Ceará, como da região nordestina.
No terceiro tema do evento, Fernando Carvalho, diretor da Aicep Portugal Gobal, desenvolveu o tema    “investir em Portugal – Escolha Certa. Momento Certo”, oportunidade em que mostrou com dados altamente positivos as oportunidades para investimentos em terras lusitanas. 
Parte informativa e com todos os pormenores foi o lançamento da 12ª edição da Feira Internacional de Logística (Expolog)/ XII Seminário Internacional de Logística, que se realizará de 22 e 23 de novembro próximo, no Centro de Eventos do Ceará. A diretora da Prática Eventos, empresária Enid Câmara, fez completo relato sobre o Seminário, mostrando o valor que ele representa para a economia do Ceará, daí a adesão significativa, representada já no elevado número de inscrições e expositores.  

GALERIA DO PALÁCIO DA ABOLIÇÃO - REABERTURA COM A MOSTRA DO CEARENSE ANTÔNIO BANDEIRA

Governador Camilo Santana na exposição
O abstrato, que prega a desconstrução da obra, do real através do irreal. Essa é a marca de Antônio Bandeira, um dos principais nomes das artes plásticas do Brasil. E essa reflexão provocada pela arte, misturando sentimentos e eventos históricos, sempre fugindo do óbvio, perpassa as paredes da galeria do Palácio da Abolição, que teve a sua reabertura na sexta-feira passada (6), com o início da mostra “Do Crepúsculo ao Noturno”.  Cerca de 100 obras do artista cearense, falecido em 6 de outubro de 1967, estão em exposição.
“É uma alegria estar reabrindo nossa galeria, referência arquitetônica do Estado, com uma exposição do Antônio Bandeira, cearense, exatamente nessa data que marca os 50 anos do seu falecimento. Para o Ceará e para o mundo, ele é um grande ícone. Só na minha sala tenho dois quadros dele e, ao todo, o Estado detém 1200 obras do Bandeira”, disse o Governador Camilo Santana no ato da reabertura da exposição. 
O ARTISTA - Nascido em Fortaleza, em 1922, Antônio Bandeira é um dos ícones do Tachismo, uma das vertentes do Abstracionismo, que prega a desconstrução da obra, do real através do irreal – muito ligada à escola francesa de artes plásticas. Iniciou a carreira na cidade natal, ainda na década de 1940, tendo exposto no 1º Salão de Abril, em 1942. Morou no Rio de Janeiro e, por três ocasiões, em Paris, entre 1946 e 1967. Frequentou a École Nationale Supérieure des Beaux-Arts (Escola Nacional Superior de Belas Artes) e a Académie de la Grande Chaumière, no entanto, não concluiu os estudos pelo fato de não querer se apegar a uma arte acadêmica. Expôs em 19 mostras individuais, em mais de 50 coletivas e inúmeras póstumas.
A Mostra “Do Crepúsculo ao Noturno” reunindo obras do artista cearense ficará em exposição até 6 de novembro vindouro. 

EM SÃO PAULO - EXPEDIÇÃO 3B BRASIL NO FERIADO 12 DE OUTUBRO

Quem esteve em São Paulo ontem, feriado prolongado de 12 de outubro, pode aproveitar para fazer um tour pelo único brewpub francês da capital paulista, localizado no Itaim, o Les 3 Brasseurs. A “Expedição 3B”, como é chamada, é para quem aprecia uma boa cerveja artesanal francesa e tem curiosidade para saber mais sobre a fabricação. Ela pode ser realizada em qualquer dia, desde que seja agendada com pelo menos 3 dias de antecedência. 
Com cerca de uma hora de duração e guiada pelo cervejeiro é uma inesquecível imersão no mundo da cerveja. “O visitante descobre, entre outras coisas, o que diferencia uma microcervejaria artesanal de um bar convencional”, diz Joy Veronez, gerente do Les 3 Brasseurs. 
Na visitação – individual ou para grupos – é possível acompanhar desde as etapas de produção até a harmonização da matéria-prima com especialidades da cozinha. Depois de conhecer o verdadeiro sentido da “arte de viver a cerveja” da Les 3 Brasseurs, é hora de comprovar o resultado de tanta qualidade e cuidado com esta bebida: é realizada a degustação da paleta de cervejas – com 4 tipos: Blanche, Blonde, Ambrée e Itaim – acompanhada de petiscos.

ROTA DO SOL SEMANAL 13/10/2017 - ISSU

DAY USE - CATUSSABA


sexta-feira, 6 de outubro de 2017

JERI A CAMINHO DA DEGRADAÇÃO

O Ceará vive momentos de euforia no que diz respeito ao seu desenvolvimento econômico, particularmente do turismo. As últimas conquistas do Governo na China, na Holanda, na França e na Alemanha indicam que em poucos anos vindouros estaremos num patamar respeitável de progresso, perseguido de muito perto estados maiores na indústria, comércio, transportes e tantos outros segmentos marcam o desenvolvimento. Com o Porto do Pecém, estamos abrindo as portas para grandes conquistas nas áreas de importação e exportação de produtos não apenas do Estado mas de todo o Nordeste. A parceria com a alemã Fraport abre espaços significativos, unindo-nos comercialmente em grande escala a todos os continentes. O que dizer da conquista recente do “hub” das Air France / KLM e GOL? Via área, o mundo estará ligado ao nosso Aeroporto Internacional Pinto Martins. E a expansão do Complexo Industrial do Pecém, com fortes perspectivas de ali se instalar uma refinaria de petróleo? E os avanços e expansões no comércio, indústria e cultura que colocam num patamar de destaque Juazeiro, Crato, Horizonte, Maracanaú e Eusébio, afora alguns outros municípios? Pois bem, as conquistas de agora parece que não são capazes de servir de lição para os dirigentes do nosso maior referencial no turismo de lazer que é Jericoacoara. Descoberta para o mundo nos anos 80 do século passado, portanto faz pouco mais de 30 anos, o nosso “paraíso” vertiginosamente está a perigo pela insensatez de dirigentes que só veem o lucro fácil de agora, pouco se importando que estão matando uma “galinha de ovos de ouro”. Jericoacoara, a cobiçada praia distante cerca de 300 quilômetros de Fortaleza, considerada uma das dez mais bonitas do mundo, sempre foi ponto de atração por causa das suas belezas naturais e, talvez, difícil acesso, fato maior da sua preservação até recentemente. Encravada em área do Parque Nacional de Jericoacoara, portanto sem que deva sofrer intervenção significativa, a não ser por autorização oficial, a nossa joia turística vem sendo agredida pela ganância de autoridades e empresários insensatos. Hotéis, pousadas, residências luxuosas estão surgindo aos montões. A singeleza da cidadezinha já não é a mesma. Até novas “estradas” são vistas através das longas dunas. O que é pior, sob os antolhos das autoridades locais que, parece, não estão nem aí. No duro, no duro, é um crime o que vem acontecendo nos últimos tempos na encantadora atração do município de Jijoca de Jericoacoara. Será que ninguém se lembra do houve na outrora badalada praia de Canoa Quebrada, em Aracati?. Cresceram os olhos e degradaram o nosso então maior referencial praiano. Hoje ela vive mais da fama de outrora. Têm sido muito difíceis os esforços de comerciantes e autoridades de agora para recuperar o antigo prestígio. Não se tem dúvida de que, a continuar o que vem ocorrendo agora, Jericoacoara em breve tempo será apenas uma boa lembrança.

EM HONRA A SÃO FRANCISCO DE ASSIS - MILHARES DE FIÉIS PARTICIPARAM DOS FESTEJOS EM CANINDÉ

Mais uma vez, este ano, a tradição de várias décadas se fez presente em Canindé. Durante os festejos em honra a São Francisco de Assis, iniciados no dia 24/09, milhares de católicos não apenas da cidade cearense, mas de todo o Nordeste fervorosamente participaram de todos os atos litúrgicos realizados no segundo maior templo franciscano do mundo. Nos 11 dias de festejos foram realizadas missas na Basílica e nas igrejas da cidade e novenários na Praça dos Romeiros. A celebração de encerramento, na última noite de louvor a São Francisco teve como subtema "A igreja reconhece a santidade de São Francisco". O pregador foi o Ministro Provincial Frei João Amilton. 
Um dos grandes destaques das celebrações em honra ao Pobrezinho de Assis foi a Missa dos Vaqueiros, celebrada pela manhã do último dia 30 pelo pároco da Paroquia de São José, padre Roberto Reinaldo. Antes do ofício, realizou-se grande cavalgada promovida por centenas de vaqueiros com partida da estátua de São Francisco e chegada ao Parque de Exposição de Canindé, local da celebração.  
ENCERRAMENTO – Como é da tradição, o dia do encerramento dos festejos foi o que contou com a maior presença de público. A Basílica e suas proximidades ficaram repletas de fiéis durante a missa de encerramento, ocorrida anteontem, 4 de outubro, ato realizado às 9h  na Quadra da Gruta. No mesmo dia, acompanhada por grande multidão, às 17h ocorreu a procissão com a Imagem de São Francisco, iniciada na Praça da Basílica.
Ontem, às 12 horas, houve o encerramento da Festa de São Francisco de Canindé, também com a presença do grande número de pessoas.  
CORREDOR RELIGIOSO - O governador Camilo Santana anunciou na noite desta terça-feira (3), durante as comemorações em homenagem a São Francisco das Chagas, em Canindé, as obras de requalificação do corredor religioso do município. O projeto, que está em processo de licitação, conta com investimento de mais de R$ 4,5 milhões do Governo do Estado. 
Em 2017, a Paroquia de São Francisco das Chagas, que abriga o maior santuário franciscano das Américas, comemora 200 anos de fundação. “Essa é uma das maiores festas religiosas do Brasil e que, a cada ano, vê o número de visitantes crescer. Isso mostra a esperança das pessoas na palavra de Deus e no exemplo do que representa São Francisco, que sempre lutou pelos mais necessitados”, citou o governador.
O corredor religioso do município é composto pela Basílica de São Francisco das Chagas, Estátua de São Francisco, Praça do Romeiro, Convento de Santo Antônio, Casa dos Milagres e Via Sacra do Monte. A obra é de responsabilidade da Secretaria das Cidades.
Também estão inseridas no projeto a urbanização da área que circunda a Igreja Nossa Senhora das Dores, compreendendo a execução de piso pré-moldado, atendendo as normas de acessibilidade, instalações, paisagismo, estacionamento para carros e motos. Além disso, será aberta uma via chamada Rua Nova do Convento, compreendendo serviços de contenções, piso pré-moldado e piso rústico.

TURISMO PARA PESSOAS IDOSAS

Antonio Jose de Oliveira
Pres Abrajet CE
Nesta semana, nosso artigo tem por objetivo chamar a atenção dos gestores públicos e da iniciativa privada, do Estado do Ceará, para que invistam, por meio de campanhas publicitárias, na mídia impressa e eletrônica, além das redes sociais, no filão, isto é, no mercado, constituído por pessoas, ditas da melhor idade, cuja denominação dela discordamos, pois seria mais adequado chamá-las da terceira idade, ainda  pouco explorado e que pode ajudar a diminuir a sazonalidade das correntes turísticas na denominada baixa estação. 
Frise-se que as pessoas, inclusive algumas são associadas a Clubes da Melhor Idade, que, afora o tempo suficiente para viagens, dispõem de dinheiro e são consumidores, em potencial, para a compra de nossos produtos artesanais e gastronômicos, sem falar dos “souvenires”, destinados a familiares e amigos, quase obrigatórios para aqueles que desejam presentear alguém, quando do retorno de passeios turísticos. 
Agora, tem um porém: o receptivo a turistas idosos deve ter um diferencial em termos de atrativos turísticos. Afinal, são pessoas de elevado grau instrucional (muitas com curso superior, mestrado e até doutorado), que não querem, em suas viagens de lazer, a chatice dos roteiros programados somente com praias, embora estas devam constar nos atrativos que lhes forem oferecidos. 
Bem! Gente idosa, dentre a qual nos incluímos, não gosta de se expor muito ao Sol (não há necessidade de se explicar, aqui, os motivos) e de outras aventuras, que exigem bastante esforço físico, como longas caminhadas, subidas íngremes a pontos turísticos, comidas típicas de difícil digestão, considerando-se o fato de que muitos  fazem dietas por recomendação médica. Portanto, um cardápio diversificado é o ideal, que atenda as necessidades alimentícias desse público especial.
Mister se faz, também, que a programação turística, para essas pessoas, seja diversificada e criativa, mas que não as deixem cansadas ao final do dia. Se muitos idosos têm bom preparo físico, existem os que são limitados, em termos de exercícios físicos, e não podem acompanhar o “rojão” dos mais sarados fisicamente. Ademais, cada idade tem as suas limitações, em se tratando de esforços corporais.
Agora, vale a pena esclarecer que o elemento diferencial do polo receptor é o maior atrativo para o turista. Somos favoráveis, ainda, a que se estimule o turismo receptivo, pois o emissivo, (a saída de cearenses para outros Estados do Brasil e a de brasileiros para outros países), representa, não só a evasão de divisas, bem como a criação de empregos, sem falar da geração de renda no exterior,  em virtude de provocar o aumento da circulação da moeda nacional, em outros Estados da Nação brasileira, e a evasão de divisas. 
Ah! Claro que brasileiros devem visitar outros países, mas os Governos Federal, Estaduais e municipais, aliados ao empresariado do ramo turístico, precisam dar maior atenção ao turismo receptivo, este, sim, na verdade, mais benéfico ao nosso país e, em especial, ao nosso Estado. Acredite nisso, minha gente! Agora, a frase, mediante a qual, gostamos de alertar governantes e a iniciativa privada: Turismo, que não se divulga, esconde-se. E o turismo cearense deve sempre estar, também, em rede e na rede, no mundo da Informática, todos os dias e o dia todo. Obrigado pela leitura!

TURISMO BAIANO EM MAR REVOLTO

UM ABRAÇO AO CENTRO DE CONVENÇÕES -Numa manhã de domingo, a comunidade turística baiana, tendo como aliados os moradores das imediações do antigo Centro de Convenções, promoveu uma manifestação contra o estado de indefinição em que ainda se encontra aquele importante equipamento do turismo da “boa terra”, por conta do desabamento de uma parte da sua estrutura.
O objetivo de toda a multidão que cercou o CC foi protestar contra a falta de solução para o estado em que mergulhou o turismo baiano sem a existência do seu importantíssimo equipamento. Inclusive, tanto as muitas lideranças dos diversos segmentos como os residentes no entorno daquele prédio, protestaram contra a tendência demonstrada pelo Governo do Estado em transferir para a Avenida Paralela, já nas proximidades do Aeroporto Deputado Luiz Eduardo Magalhães.
JÁ LÁ SE VÃO DOIS ANOS - A realidade é que Salvador se encontra sem condições de sediar os grandes eventos nacionais e internacionais em virtude da inexistência do seu Centro de Convenções. Embora, em 24 de Dezembro de 2014, o Governador houvesse declarado que havia decidido pela construção de um novo CC. Chegou a ser lançada uma licitação de R$5 milhões para a recuperação do atual, cujas obras não chegaram a ser concluídas por conta do desabamento.
Com as idas e vindas, inclusive especulação pelo Governo de alguns outros locais escolhidos para sediar o novo Centro, todos, por sinal, condenados pelos "expertos”, até que, agora, assegura que a indicação do espaço da Paralela é definitiva. O que desagrada inclusive a comunidade residente no Stiep que utiliza uma série de argumentos para contestar aquela preferência.
ÓRGÃOS DO SETOR NÃO SE PRONUNCIAM  - Um dado impressionante, que chama a atenção das lideranças do turismo baiano é que os órgãos do setor, Secretaria de Turismo e Bahiatursa, não se pronunciam publicamente sobre a questão, nem mesmo dialogam com a comunidade turística para examinar a questão.
No que respeita a ambos, por sinal, continuam a veicular notícias nos órgãos de comunicação de Salvador dando contas da provável mudança dos dirigentes daqueles setores. E os argumentos que têm justificado tal decisão do Governo do Estado, se realmente ocorrer, serão puramente políticos, no caso da Bahiatursa. Quanto a Secretaria, assegura-se que decorre em virtude da falta de ação do titular, que não conseguiu assegurar o “hub” da Air France e não tem controlado a insatisfação geral com respeito ao Centro de Convenções.
SALVADOR PERDEU A QUEBRA-DE-BRAÇO PARA FORTALEZA -  Uma das últimas notícias que abalaram a comunidade turística baiana foi de que Salvador, em definitivo, perdeu a preferência da GOL/AIR FRANCE para instalação do seu “hub”. Essa contenda se vinha arrastando já há algum tempo, criando, contudo, a espectativa do turismo baiano de que o Aeroporto Deputado Luiz Eduardo Magalhães pudesse ser o indicado pelas companhias respectivas.
O que se informa, porém, é que a decisão daquelas companhias por Fortaleza decorreu da iniciativa do Governo do Estado do Ceará em se deslocar até Paris para dialogar com os dirigentes da Air France e oferecer as vantagens que levou no seu “portfólio”. Enquanto a Bahia não se pronunciava oficialmente. Salvador já havia perdido o “Hub” da AZUL para Recife.
PREFEITURA CORRE ATRÁS DO PREJUÍZO - Em contrapartida, o Secretário de Cultura e Turismo de Salvador, Cláudio Tinoco, informou que a Prefeitura da Capital baiana sancionou a Lei 9.276/2017, no dia 15 passado, através da qual oferece incentivos fiscais para outras empresas que vierem a implantar seus “hubs” no aeroporto baiano. Uma das empresas que se encontra na mira da municipalidade é a Air Europa, que, por sinal, já está instalada em Salvador.
Já contando com dois voos semanais da capital baiana para o “Velho Mundo”, a espectativa é que a Air Europa venha a ampliar com outro voo, o terceiro, entre Salvador e Madrid no mês de dezembro. Outras empresas aéreas se encontram, igualmente, na mira da Prefeitura, com vistas a privilegiar a Capital baiana.
SALVADOR RECEBERÁ MAIOR REGATA TRANSATLÂNTICA -  Uma conquista, porém, do Governo do Estado é que, entre os dias 12 e 14 de Novembro, Salvador deverá estar recebendo a 13ª Transat Kacques Vabre, a maior regata transatlântica do mundo. A largada ocorrerá no dia 5 de novembro em “Le Havre”, na França.
As 4.350 milhas náuticas (8.056 km) são consideradas como a Rota do Café e terão o concurso de 41 embarcações, cada qual com dois velejadores. Serão quatro classes de veleiros: Class40, Multi50, IMOCA e Ultime, com 40, 50, 60 e até 100 pés. Essa regata já teve Salvador como porto de chegada nos anos 2001, 2003, 2005 e 2007.

PASSEIOS IMPERDÍVEIS - CORES ESTONTEANTES NO OUTONO DO REINO UNIDO

O Panteão no sul de Oxford Street, Londres, Inglaterra
O outono pode ser o sinal do fim de verão, mas em todo o Reino Unido ele é celebrado como a estação na qual as florestas, bosques, parques e jardins são decorados por cores estonteantes.
Programar uma viagem durante o mês de outubro, quando as cores estão no auge é motivo de encantamento 
com os vermelhos ardentes, amarelos dourados e ricos bordôs das folhas em queda.
Para desfrutar da beleza outonal do Reino Unido, eis algumas dicas:
Westonbirt National Arboretum, Gloucestershire - Cuidadosamente plantado em meados do século XIX, é lar de cerca de 15 mil espécies provenientes de todo o mundo. Desde o final de setembro, este oásis de paz ganha cores outonais que perduram até novembro, mas outubro é indiscutivelmente a melhor época para visitá-lo, pois é quando o mosaico de folhas chega ao auge de beleza. Há 27 km de trilhas para caminhada em toda a propriedade de 250 hectares.
Faskally Wood, Perthshire, Escócia - Perthshire é conhecido como o lar das grandes árvores, com 25 espécies, entre as quais destacam-se o pinheiro escocês, o vidoeiro-branco, a aveleira, o freixo e o carvalho. É um belo lugar para se visitar durante todo o ano, mas fica indiscutivelmente mais bonito com a  chegada do outono. Criada como “floresta modelo” no século XIX, Faskally Wood tem uma trilha sinalizada rodeada de árvores portentosas. Ao cair da noite, ela se transforma e, banhada por uma iluminação amarelada, é animada por shows de música.
Lime Avenue no Marbury Country Park, Cheshire -  É para se tirar muitas fotos do outono dourado da belíssima simetria da Cal Avenue, um legado dos tempos das grandes propriedades no Marbury Country Park.  O parque fica no coração das Northwich Community Woodlands, que é parte da Mersey Forest. 
New Forest, Hampshire - O New Forest National Park tem cerca de 130 quilômetros quadrados de bosques antigos. Eles abrigam poderosas sequoias-vermelhas plantadas no final da década de 1850, assim como ameiros, faias, castanheiros e outras espécies de árvores. Há a trilha das árvores altas com majestosas coníferas na Rhinefield Ornamental Drive, um dos melhores lugares para experimentar a variedade de vívidas tonalidades outonais, que chegam a tempo para o New Forest Walking Festival, em outubro. Do enorme carvalho de 500 anos chamado de Knightwood Oak, na Bolderwood Ornamental Drive, perto de Lyndhurst, é possível também ver pôneis selvagens e porcos passeando pela floresta em busca de castanhas.
Richmond Park, Londres - Boa opção para escapar do movimento urbano de Londres é absorver a riqueza de cores do outono em uma caminhada ou passeio de bicicleta ao redor de Richmond Park), na época em que as folhas dos seus velhos carvalhos adquirem um profundo tom de laranja. É uma reserva natural nacional, a maior de Londres e três vezes mais extensa do que o Central Park de Nova York..
Bodnant Gardens, Colwyn Bay - Com vista deslumbrante para as montanhas Carneddau da Snowdonia, o bosque de Bodnant  possui muitas castanheiras, uma cascata e um vale profundo emoldurado por árvores gigantescas. Outubro é o melhor mês para desfrutar as cortes vivas da estação, de preferência numa caminhada guiada por funcionário do parque.
Bedgebury National Pinetum and Forest, Kent -  Os visitantes de Kent (conhecido como "Jardim da Inglaterra") podem descobrir um dos melhores conjuntos de árvores coníferas do mundo no Bedgebury National Pinetum and Forest , originárias de diferentes partes do mundo. Numa caminhada através da floresta você encontrará pinheiros da Califórnia, da Escócia e até mesmo de Taiwan. 
Mount Stewart House, County Down - Esta casa senhorial é emoldurada por um dos jardins mais incomuns do National Trust. O clima morno da Strangford Lough (onde um estreito forma um grande mar interior) permite o surgimento de plantas exóticas, o que faz com que parte da paisagem tenha inspiração mediterrânea. Em outubro, os guias do al) levam os visitantes em uma caminhada de outono para apreciar o jogo de cores nas copas das Mount Stewart 
Kew Gardens, Londres -  A apenas 20 minutos do centro de Londres, os Kew Gardens são perfeitos para você relaxar e conhecer algumas das plantas mais raras do mundo. Durante o outono, há passeios guiados e sessões de identificação de árvores pela enorme área de cerca de 120 hectares.
Stourhead, Wiltshire - Os mundialmente famosos jardins de Stourhead, erguidos no século XVIII – com templos clássicos, um largo e um gruta abobadada – foram descritos como "uma obra de arte viva" quando abertos na década de 1740. O reflexo das árvores coloridas no lago, em todo o esplendor, é a maior atração dos passeios guiados pelas cores do outono realizados em outubro.

SÍMBOLO DA CULTURA - UMA SÉRIE DE ATRAÇÕES NOS 70 ANOS DO MASP

O mais imponente museu de arte do Hemisfério Sul, o Museu de Arte de São Paulo (Masp) completou 70 anos na última segunda-feira (2). Para marcar a data, foram promovidos eventos, como shows, oficinas, visitas, palestra, seminário e filmes.Além do acervo permanente, poderão ser apreciadas as exposições Miguel Rio Branco: nada levarei quando morrer e Tracely Moffatt.
A mostra Miguel Rio Branco retrata em 61 fotografias a área de prostituição que tem o mesmo nome, no Pelourinho, em Salvador. Também está em cartaz a mostra Toulouse-Lautrec em vermelho, a maior já promovida no Brasil em homenagem ao francês Henri de Toulouse-Lautrec (1864-1901).
Sob o tema da sexualidade, estão presentes 75 obras, entre pinturas e gravuras e obras cedidas por importantes museus como o Musée d'Orsay, de Paris; e Tate e Victoria & Albert Museum, de Londres; e de acervos particulares.
Às 19h, as persianas das janelas do segundo andar foram abertas deixando a mostra as obras apoiadas em cavaletes de cristal ao mesmo tempo em que poderam ser admiradas do local tanto a Avenida Paulista quanto a Avenida Nove de Julho. Toda a programação ao longo do mês poderá ser acessada por meio do site do Masp.
Criado, em 1947, pelo empresário e jornalista brasileiro Assis Chateaubriand,  com a ajuda do crítico e jornalista italiano, Pietro Maria Bardi, o Masp reúne vasto acervo, em torno de 8 mil itens que inclui esculturas, gravuras e óleo sobre tela nacionais e estrangeiros com peças confeccionadas desde a antiguidade (século IV a.C.) até o período atual.
Lá podem ser vistos entre outros clássicos da Escola Italiana de Arte como as obras de Rafael, Bellini, Andrea Mantegna e Ticiano; as pinturas de Nattier com retratos das filhas de Luiz XV e as de Renoir, Monet, Manet, Cézanne, Toulouse-Lautrec, além de obras de Van Gogh, Gauguin e Modigliani. Ao lado destes, destacam-se os artistas brasileiros Almeida Junior, Candido Portinari, Anita Malfatti, Victor Brecheret e Flávio de Carvalho.
SÍMBOLO ARQUITETÔNICO - Durante os primeiros anos, o Masp ocupou um espaço bem mais acanhado do que o atual, dividido em quatro andares do prédio da Rua 7 de Abril, sede dos Diários Associados, um conglomerado de imprensa fundado por Chateaubriand.
Vinte e um anos depois, o museu ganhou novo endereço, em local bem mais amplo com 11 mil metros quadros, na Avenida Paulista. Na festa de inauguração, em 2 de outubro de 1968, compareceram figuras importantes do cenário nacional e internacional entre as quais a rainha Elizabeth II. Foi um revolucionário traçado arquitetônico de Lina Bo Bardi, esposa de Pietro Maria Bardi.
Além da estética, a obra de Bo Bardi era a representação da ousadia. O novo prédio causava impacto, parecendo uma caixa suspensa no ar, sustentado apenas por quatro grandes pilares e duas vigas. Com formato retangular, cercado por vidros, reúne cinco pavimentos entre o subsolo e o último andar e tem um vão-livre em frente à Avenida Paulista, de 74 metros quadrados.
O local tornou-se ponto de encontro para grandes manifestações populares e sedia também eventos como feiras, apresentações musicais e a largada da tradicional corrida internacional de São Silvestre.
O edifício foi tombado, em 1982, pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado (Condephaat) e, em 2003, pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). (Com o MTUR)

O BRASIL ESTÁ COM ESCRITÓRIO DE TURISMO NA RÚSSIA

Está funcionando um Escritório Brasileiro de Turismo na Rússia, país que sediará a Copa do Mundo FIFA em 2018. O EBT é responsável por reunir informações estratégicas sobre os mercados internacionais que norteiam o planejamento da Embratur e apoiar a comercialização no mercado por meio de fornecimento de dados e material promocional sobre os destinos brasileiros.
Para inaugurar o EBT Rússia, a Embratur levou em consideração dados importantes do Ministério do Turismo. “O Anuário Estatístico do Turismo mostrou que o número de turistas russos no Brasil subiu de 13 mil, em 2008, para quase 24 mil, em 2016, o que fez com que elencássemos o País como um dos mercados prioritários da Europa”, destacou Lummertz. O mercado russo está entre os 10 países emissores de turistas mais importantes do mundo e, de acordo com a Associação de Operadoras de turismo da Rússia (ATOR), o fluxo emissivo da Rússia cresceu quase 29% no primeiro semestre de 2017.
COPA DO MUNDO -De acordo com o coordenador-geral de Inteligência Competitiva e Mercadológica do Turismo, Alisson Andrade, a ideia é aproveitar o período de preparação para a Copa do Mundo para lançar o Brasil em agências de viagem e operadoras de turismo e divulgar os destinos e os produtos turísticos brasileiros na Rússia. “As reuniões com operadoras importantes do mercado já tiveram início e o EBT tem sido recebido com muito entusiasmo”, destacou o coordenador da Embratur. (Com o Portal  Brasil/ Embratur)

COPA DA RÚSSIA - A STELLA BARROS TURISMO TEM PACOTES PREPARADOS

Kazan Arena, na Russia
A FIFA  abriu oficialmente as inscrições para o sorteio dos ingressos que vai até 12 de outubro. Entretanto, quem não quer correr o risco de ficar de fora das partidas do Brasil pode comprar os hospitalitys, que oferecem aos clientes ingressos garantidos, uma variedade de serviços como estruturas nos estádios (camarotes individuais, lounges e tendas), buffet gourmet, entretenimento e brindes exclusivos. 
A Stella Barros Turismo, agente oficial para venda do produto, registrou em agosto um aumento de 100% nas vendas e espera dobrar esse resultado nos próximos meses. A agência também conta com opções de pacotes terrestres que vão de um jogo até a Copa completa – com hospedagem em Moscou e São Petersburgo. Os roteiros incluem hospedagem com café da manhã, o transfer de chegada e saída das cidades, city tour panorâmico, seguro viagem, guia brasileiro e o Match Day - que contempla transporte aéreo ou ferroviário, dependendo do destino, para a cidade na qual se realizará o jogo. Além de transfer do hotel até o estádio e vice-versa. 
A empresa adverte que estas viagens não incluem a passagem aérea do Brasil para a Rússia, que tem opções a partir de 1.850 dólares (mais taxas) , nem o hospitality – que custa a partir de 850 dólares por jogo e é a única opção garantida de assistir às partidas da Seleção Brasileira sem depender dos sorteios de ingressos do site da FIFA. 

EM DIA COM O FESTURIS 10/06/2017



NA VANGUARDA: FESTURIS LANÇA O STARTUP CORNER E TERÁ NOVA IDENTIDADE VISUAL - Considerado um evento pioneiro e vanguardista, o FESTURIS Gramado, que ocorre de 09 a 12 de novembro de 2017, mantém seu perfil de apontar tendências para o setor turístico e trazer para dentro da mais importante feira de negócios turísticos da América do Sul, novidades e espaços que indicarão os caminhos do setor turístico nos próximos anos.
Exemplo disso é que a feira foi a primeira a implementar no Brasil espaços específicos que concentram produtos e destinos do mesmo nicho de mercado. Ao longo dos últimos 29 anos o FESTURIS criou os espaços LGBT, Parques e Entretenimento, Inovação e Tecnologia, Luxury, Internacional, Gastronomia e Enoturismo, Turismo Acessível e Sustentabilidade, Turismo Cultural e Religioso e Espaço Mice
Em 2017 não será diferente. A organização do evento anuncia a criação, dentro do Espaço de Inovação e Tecnologia, de um local chamado Startup Corner.
O Espaço Inovação e Tecnologia é assinado pela Travelport e terá o formato ilha com balcões de negócios para empresas, marcas e destinos voltadas para este nicho de mercado.
O Startup Corner irá complementar o espaço com balcões para startups que apresentem projetos e soluções voltadas ao setor turístico. Serão 5 startups selecionadas com a mentoria da Gramado Summit, e que terão espaço para apresentar suas ideias e pitchs.
Outra novidade no espaço é a criação de uma área de conteúdo aberta, onde a oferta de conhecimento será intensa com uma grade de palestras e workshops em parceria com a UCS – Universidade de Caxias do Sul e Orgânica Digital.
NOVIDADES: MICE, BUSINESS, GASTRONOMIA E NOVA IDENTIDADE
O FESTURIS terá outras novidades como o novo layout e formato dos espaços Mice e LGBT. Ambos os espaços terão formato novo com balcão de negócios e o Mice terá agendamento obrigatório.
O Espaço Business será um espaço compartilhado patrocinado pela Copa Airlines. É a opção que o FESTURIS oferece para que ninguém fique de fora de feira de negócios, e mesmo com pouco investimento possa ter seu espaço.
Espaço Gastronomia: uma novidade com aulas show e que terá uma arena gastronômica assinada pela ASGAV (Associação Gaúcha de Avicultura) e participação de chefs de renome.
Espaço Luxury: lançado em 2016, o espaço fechado para expositores e compradores do mercado de luxo de todo o mundo, o Luxury teve seu tamanho triplicado para esta edição.
Durante o FESTURIS 2017, a Rossi & Zorzanello irá lançar a nova identidade visual do evento que chega aos 30 anos em 2018. Uma agência foi contratada e prepara uma nova roupagem para o evento que virá ainda mais moderno, internacional e diferenciado.