Pesquisar este blog

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

CALEIDOSCÓPIO - PELO MENOS SONHAR

PELO MENOS SONHAR
Nestes nebulosos tempos, com o cotidiano sempre nos trazendo surpresas negativas, é preferível pensar que em breve entraremos num Éden, onde os governantes são sérios, a natureza exuberante e as pessoas se confraternizem. Vamos pelo menos sonhar, aguardando que nesta época que em outros tempos sempre foi de expectativas positivas, aguardando um novo ano melhor, de bonanças, Deus nos ilumine para atravessar este inferno de Dante. Assim, cedemos este nosso humilde espaço para as mensagens de dois sonhadores.
ESPPERANÇA
Lá bem no alto do décimo segundo andar do Ano/ Vive uma louca chamada Esperança/ E ela pensa que quando todas as sirenas/ Todas as buzinas/ Todos os reco-recos tocarem / - Ó delicioso vôo! / Ela será encontrada miraculosamente incólume na calçada, / Outra vez criança…/ E em torno dela indagará o povo:/ - Como é teu nome, meninazinha de olhos verdes? / E ela lhes dirá/ (É preciso dizer-lhes tudo de novo!) / Ela lhes dirá bem devagarinho, / para que não esqueçam:/ - O meu nome é ES-PE-RAN-ÇA…
(Mario Quintana)
DE REPENTE...
De repente, / num instante fugaz, / os fogos de artifício anunciam que/ o ano novo está presente e o ano velho ficou para trás.
De repente, num instante fugaz, / as taças de champagne se cruzam e o vinho francês borbulhante anuncia que o ano velho se foi e ano novo chegou.
De repente, os olhos se cruzam, / as mãos se entrelaçam e os seres humanos, / num abraço caloroso, / num só pensamento, / exprimem um só desejo e uma só aspiração: PAZ E AMOR.
De repente, / não importa a nação, / não importa a língua, / não importa a cor, / não importa a origem, / porque todos são humanos e descendentes de um só Pai, / os homens lembram-se/ apenas de um só verbo: AMAR.
De repente, / sem mágoa, / sem rancor, / sem ódio, / os homens cantam uma só canção, / um só hino, / o hino da liberdade.
De repente, / os homens esquecem o passado, / lembram-se do futuro venturoso, / de como é bom viver. / Feliz Ano Novo!
(Autor desconhecido)

PESQUISA: FORTALEZA EVOLUIU COMO CAPITAL TURÍSTICA

Fortaleza divide o título de maior evolução do ano com a cidade de Corumbá (MS). A pesquisa foi divulgada pelo Ministério do Turismo
O MTUR e o Sebrae premiaram na quarta-feira (9), em Brasília, as cidades que mais evoluíram em 13 aspectos que ajudam a compor a atividade turística, de acordo com o Índice de Competitividade do Turismo Nacional. Depois de uma pesquisa de campo realizada em 65 destinos turísticos, Fortaleza (CE) e Corumbá (MS) foram apontados como os municípios que mais avançaram em relação aos seus resultados do ano passado.
A premiação é concedida aos municípios que mais evoluíram no índice geral e em cada uma das 13 categorias, que incluem infraestrutura geral; acesso; atrativos; políticas públicas; serviços e equipamentos turístico, entre outras. Nesta 7ª edição do Índice de Competitividade, nove municípios receberão certificado, já que alguns avançaram em mais de uma dimensão.
Entre as obras destacadas pelo Ministério do Turismo que contribuíram para colocar Fortaleza como a capital  com maior evolução no índice estão a requalificação da orla da Praia do Futuro e o Centro de Eventos do Ceará.  No CEC, até novembro deste ano, foram realizados 125 eventos, gerando R$ 7,4 milhões de receita. O número é 13,5% maior do que o registrado no mesmo período de 2014. Além de congressos e feiras, o Centro de Eventos recebeu grandes shows como os de David Guetta, Los Hermanos e Caetano Veloso e Gilberto Gil.
A capital cearense alcançou também a maior evolução no quesito Aspectos Sociais. “O exemplo de Fortaleza reforça a importância do investimento público no desenvolvimento e na estruturação dos destinos e confirma a relevância do índice de competitividade no processo de identificação dos avanços e dos problemas a enfrentar”, destacou o ministro Henrique Eduardo Alves.
OS MAIS DESTACADOS - Foram estes os destinos premiados:
Fortaleza (CE): índice geral e Aspectos Sociais. Corumbá (MS): Índice geral; Acesso, Marketing e Capacidade empresarial. Macapá (AP): Infraestrutura geral e Serviços e equipamentos.
 Turísticos. Porto Alegre (RS): Atrativos Turísticos.Diamantina (MG): Políticas Públicas. Mata de São João (BA): Cooperação Regional. Paraty (RJ): Monitoramento e Economia Local. Ipojuca (PE): Aspectos Ambientais. Aracaju (SE): Aspectos Culturais.

TEMPORADA DOS CRUZEIROS MARÍTIMOS - DE VENEZA, O MSC MAGNIFICA TROUXE 3.200 PASSAGEIROS

MSC Lirica o primeiro de dezembro/2015
Está efetivamente se intensificando em Fortaleza a temporada de cruzeiros marítimos. Nos dias 16 e 17 de novembro último, aportaram no Terminal Marítimo de Fortaleza os primeiros navios da temporada de cruzeiros 2015/2016. O Seaborn Quest, na segunda feira, trouxe cerca de 450 passageiros. Já o MSC Lirica, na terça, foram 2.200 passageiros de várias nacionalidades. De origem italiana, o Lirica partiu de Gênova, na Itália, no dia 4 de novembro e navegou por mares franceses, espanhóis e marroquinos. O Seaborn Quest, por sua vez, partiu de Fort Lauderdale, na Flórida (EUA). 
No último domingo (13), chegaram ao nosso porto os turistas do navio MSC Magnifica, procedentes de Veneza. Os cerca de 3.200 passageiros foram recepcionados pela Setur/Ceará, recebendo mapas, brindes e material informativo sobre pontos turísticos e dicas de restaurantes e praias. De Fortaleza, o navio seguiu para o Porto de Santos, São Paulo. 
NORMALIDADE - Até agora, a recepção aos visitantes NA atual temporada vem dentro da normalidade. O último desembarque aconteceu com tranquilidade e os turistas foram recepcionados pela equipe da Companhia Docas do Ceará, com o apoio dos colaboradores da SETUR - Secretaria de Turismo do Estado e SETFOR - Secretaria de Turismo de Fortaleza. Os turistas receberam brindes e orientações trilingue sobre a cidade. Os táxis, sob coordenação do presidente do Sindicato Vicente de Paula Oliveira, operaram dentro da normalidade. A Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), Corpo de Bombeiro, EMLURB e Polícia Militar do Turista - BPTUR foram contatados pela Comissão da CDC, responsável pela Operação Chegada de Navio, garantindo a colaboração destes órgãos.
CRESCIMENTO -  A movimentação de turistas brasileiros e estrangeiros pelo Terminal de Passageiros do Mucuripe cresceu 56,5% de janeiro a novembro deste ano em comparação com o mesmo período de 2014. O número saltou de 6.960 passageiros para 10.896 visitantes, de acordo com dados da Polícia Federal. Os turistas são predominantemente brasileiros que residem foram do País. Esse perfil de turista representa 37% do total de passageiros e teve crescimento de 283,37% em relação ao mesmo período de 2014. 
Entre os estrangeiros, os turistas das Filipinas representam 8,7% do total. Em seguida, aparecem os visitantes da Alemanha (6,5%), da França (5,7%), da Itália (4,3%) e da Suiça (3,2%). No mesmo período de 2014, os turistas das Filipinas também foram o principal mercado, com 20,5%, seguidos pelos passageiros do Brasil (15,1%) e Reino Unido (13,1%). 
De acordo com a Companhia Docas do Ceará, de janeiro a novembro, seis cruzeiros marítimos chegaram à Capital. Eram previstos oito, mas dois deles não conseguiram chegar por más condições de tempo e maré. Ainda este mês, outro grande cruzeiro está programado para chegar a Fortaleza. O Crystal Symphony deve desembarcar no próximo dia 26. Para 2016, conforme a Docas, já estão programados nove cruzeiros para o período de janeiro a abril do próximo ano.

UM SONHO TURÍSTICO PARA 2016

Antonio José
Nosso último artigo, no ano de 2015, não é, propriamente, de críticas e, sim, de advertências, porém uma oportunidade ímpar de desejar aos leitores, um Feliz Natal e um Maravilhoso 2016, repleto de realizações, na vida familiar, profissional e em tudo o que realizarem, ao longo de mais um ano, que esperamos seja melhor do que 2015.
Bem! Sempre sonhamos com o Estado do Ceará com a presença de mais uns dois milhões ou mais de turistas, na alta estação, principalmente, em sua Capital, a nossa “Loira Desposada do Sol”, Fortaleza. 
Repleta, sim, porém com tudo funcionando, satisfatoriamente, para não serem feitas críticas sobre a prestação de serviços (má qualidade) e a venda de produtos do artesanato cearense (vender algodão por veludo), por sinal, variado e muito criativo.
Dizem que a perfeição não existe. Concordamos com a assertiva. Mas, isso não significa deixar que tudo ocorra de forma desordenada e ao Deus dará. Nada de improvisações e exploração financeira no turismo. O correto é o planejamento, fator essencial, para se alcançar os objetivos e obter ótimos resultados, nas ações executadas, com vistas ao desenvolvimento sustentável e solidário desse ainda incompreendido segmento econômico em nosso país.
Nesta alta estação, brasileiros de vários recantos do país, com a alta do dólar, farão mais viagens turísticas pelo território nacional. Ante o exposto, fica a pergunta: como incentivar também o turismo rodoviário?  Fazer turismo não é deixar a terra de origem ou a de moradia, por alguns dias, para se sofrer, ao longo do percurso, até chegar aos atrativos turísticos. Muitos trechos de acesso ao Ceará, precisam de reparos, em sua malha rodoviária, sobretudo as federais. 
Sabemos estar difícil, consertar buracos, recapear asfaltos, cortar matos, que margeiam os acostamentos, melhorar a sinalização horizontal e vertical (placas indicativas e de advertências), pois o país enfrenta uma crise política e econômica, ensejando cortes em verbas, para oferecer melhores condições de tráfego, para quem viaja de ônibus, carro etc.
E pelas vias aéreas? Como muitos aeroportos deixam muito a desejar, é preciso mais organização, no embarque e desembarque dos passageiros, sem causar tumultos, na hora do check-in, sem falar no cumprimento dos horários dos voos, o que é comum no período de férias escolares e de trabalho. Constrange, também, para quem vai viajar, a suspensão de voos. Isso é irritante para idosos, deficientes físicos, gestantes e crianças. Ah! Mas, fatos dessa natureza ocorrem nos melhores aeroportos dos países desenvolvidos. 
Mediante o exposto, não queiramos, gente, justificar falhas, citando exemplos de países desenvolvidos.  O importante é que se busque aperfeiçoar o atendimento aos viajantes e dar-lhes melhores condições de deslocamento, quer por terra, ar e mar. Não repitamos – a título de exemplo – o que aconteceu, há meses, com a chegada de um transatlântico ao porto do Mucuripe, que causou aborrecimentos aos passageiros, que desejam fazer um “tour” por alguns atrativos da nossa cidade. Nosso último apelo, em 2015, é para que pratiquemos um turismo com profissionalismo, com ética e transparência, sem exorbitar nos preços dos alimentos, dos produtos artesanais, das diversões, afora a prestação de serviços de qualidade, recomendação válida para as iniciativas pública e privada. Bem! Obrigado pela leitura de nossos artigos e, em 2016, voltaremos a sonhar com um Ceará-Turístico melhor do que o de 2015.    
Antonio José de Oliveira
Vice-presidente da Abrajet-Ceará

NO RÉVEILLON, 100% DE OCUPAÇÃO NOS HOTÉIS DE FORTALEZA

Turistas de todo o País e estrangeiros estarão desembarcando nos próximos dias na Capital. A expectativa de ocupação dos hotéis já chega perto dos 90%, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-CE). Até o fim deste mês, no Reveillon, a previsão é que os hotéis de Fortaleza atinjam 100% de sua capacidade.
A estimativa é que durante a alta estação (de dezembro de 2015 a fevereiro de 2016), mais de 1 milhão de turistas desembarquem no Ceará, via Fortaleza. O impacto financeiro no Estado deve girar em torno de R$ 2,2 bilhões.
Mais de 1 milhão de pessoas deve assistir aos shows musicais e espetáculo pirotécnico na festa de Réveillon promovida pela Prefeitura de Fortaleza na Praia de Iracema. A programação terá início às 17h30 do dia 31 de dezembro e segue até as 6h do dia 1º de janeiro de 2016.

REUNIÃO DA CÂMARA SETORIAL DE EVENTOS - A SETUR/CE ANUNCIOU AÇÕES DE IMPACTO PARA FORTALEZA

A presidente da Camara Setorial da Cadeia Produtiva de Eventos do Ceará, Enid Câmara, reuniu, no dia 10 deste mês, no auditório da ABIH, os membros do órgão para uma apresentação do Balanço das Ações de Promoção do Estado realizadas em 2015 e o Plano de Ações planejadas para 2016.  Na ocasião, o Secretario de Turismo do Ceará, Arialdo Pinho, fez um relato sobre o que a Setur/Ceará realizou em 2015 e adiantou medidas de impacto que muito qualificarão o nosso turismo. Citou os 125 eventos realizados no Centro de Eventos do Ceará, com 200 já agendados para 2016; a nova campanha publicitária “Descubra essa Alegria” e a participação   em várias feiras nacionais e internacionais. 
Finalizou o secretário Arialdo Pinho declarando que: “Fortaleza precisa ter outra dimensão turística para se colocar no mercado como destino internacional”

NÃO CUSTA SONHAR - TELEFÉRICO, MARINA E TORRES NOS PLANOS DA SETUR

FUTURO ACQUÁRIO
Quatro projetos de longo prazo para fomentar o setor turístico no Estado, principalmente na Capital, estão na agenda da Setur para os próximos anos. Ainda sem orçamento ou prazo definidos, as propostas incluem a construção de um teleférico na Praia de Iracema; a extensão do calçadão da Avenida Beiramar; de uma praça com estacionamento subterrâneo; duas torres nas proximidades do Acquario Ceará; afora e de uma nova sede para a Secretaria de Turismo.
De acordo com o secretário Arialdo Pinho, que apresentou ontem um balanço das ações da pasta à Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Eventos do Ceará, os projetos partem de uma visão de que Fortaleza precisa ter outra dimensão turística para se colocar no mercado como destino internacional. Apesar de apresentar as imagens dos projetos aos presentes na reunião, a pasta não as liberou para a divulgação pela imprensa.
Um dos projetos destacados é o chamado Paço das Águas, no entorno do Acquario Ceará. O plano exigirá a desapropriação de toda a quadra localizada atrás do empreendimento para a construção de uma praça, com estacionamento subterrâneo de 3.600 vagas, e duas torres, uma para hotelaria e outra para fins comerciais e residenciais. O estacionamento também servirá de bolsão para o Dragão do Mar e para a Praia de Iracema.
De acordo com o secretário, as desapropriações serão iniciadas no dia em que o financiamento contratado pelo governo ao Ex-Im Bank for aprovado e as obras retomarem seu ritmo normal. "Onde está o Acquario, hoje não se tem visão de nada. Pretendemos arrancar tudo que está lá", afirmou Arialdo. "Essa quadra inteira será desapropriada em função do turismo", acrescentou.
O projeto ainda prevê intervenções na comunidade do Poço da Draga, também nas imediações do Acquario Ceará. De acordo com o secretário, a ideia é abrir ruas na comunidade e construir um empreendimento de moradia popular por meio do programa Minha Casa, Minha Vida no local. "É para que se tenha acessos à comunidade, que hoje não tem", reforçou.
PRAIA DE IRACEMA - Também está planejada pela pasta a construção de um teleférico na Praia de Iracema, dentro do mar, do Acquario Ceará ao Mucuripe. Conforme o projeto, serão quatro estações: Acquario, Aterro, Náutico e Mucuripe. Na avaliação de Arialdo, apesar de se tratar de uma visão diferente, é importante para integrar Fortaleza ao turismo mundial. "Com o teleférico, se tem a cidade a vista e sem o custo de uma obra como a casa de ópera, de Sydney", comparou.
BEIRA-MAR - Outro projeto trabalhado pela Setur é o chamado Marina Mucuripe, que pretende estender o calçadão da Beira-Mar até a região do Mucuripe. "Ela aumenta a Beira-Mar até onde deveria ser, para as pessoas poderem andar e passar em frente ao Iate e andarpela Beira-Mar inteira", pontuou, admitindo que a obra é polêmica. Também estão previstas no local a construção de um hotel e duas torres residenciais
Segundo Arialdo, o Estado será apenas indutor da obra, a ser tocada pela iniciativa privada, mas destacou que o passeio poderá ser utilizado pelo público em geral. Ele explicou que os proprietários dos terrenos deverão tocar a obra juntamente com um banco suíço, que não revelou, em parceria com os governos estadual e federal.
COMPLEXO SETUR - Em estágio mais avançado, a pasta ainda planeja a construção de uma nova sede onde hoje fica o antigo Centro de Convenções, ao lado do Centro de Eventos do Estado. Além da nova sede, o Complexo Setur também será composto por um auditório, duas torres (um hotel e um prédio com 100 apartamentos e lojas comerciais) e um pequeno shopping de 10 mil metros quadrados para atender à região.
De acordo com o secretário, a obra deverá ser licitada até o fim de fevereiro ou março do próximo ano e está dependendo apenas da documentação do terreno. A mudança da secretaria para a nova sede, entretanto, ficará para a próxima gestão.

EDMAR BULL É O NOVO PRESIDENTE DA ABAV NACIONAL

A Associação Brasileira das Agências de Viagem  Abav Nacional tem nova diretoria. Para dirigir o destino da entidade durante os próximos dois anos, em substituição ao empresário Antônio Azevedo,  foi eleito  o também  empresário Edmar Bull (foto), administrador de empresas, com atuação no Grupo Copastur, exercendo o cargo de diretor-presidente, afora atividade frequente na vida associativa. Foi ele fundador do Fórum das Agências de Viagens Especializadas em Contas Comerciais — Favecc,
A NOVA DIRETORIA – Está assim composta a diretoria que dirigirá a ABAV Nacional no próximo biênio: 
Presidente - Edmar Augusto Bull; Vice-Presidente Administrativo - Francisco Leme; Vice-Presidente Financeiro - Ronaldo Waltrick; Vice-Presidente de Relações Internacionai - Guilherme Paulus;  Vice-Presidente de Capacitação e Certificação - Antônio Azevedo; Vice-Presidente de Marketing e Eventos -Fernando Dias; Vice-Presidente de Turismo Especializado - Ney Gonçalves;  Vice-Presidente de Relações Institucionais - Pedro Galvão.  Diretora para Assuntos Jurídicos: Rose Larrat.  Diretor de Tecnologia e Integração: Luís Vabo.
Conselho Fiscal — Titulares: Marcelo Matera, Afrânio Lages e Helvécio Garofalo. Suplentes: André Krammel, Geraldo Zaidan. 
Conselho de Ética, Conciliação e Arbitragem — Titulares:  George Irmes, Antônio da Mata e Rita Vasconcelos. Suplentes - Paulo Tadros e Lamarck Rolim.

VISITE CEARÁ - FORTALEZA CONVENTION BUREAU / PLANEJAMENTO E AÇÕES POSITIVAS IMPULSIONAM O TURISMO

O presidente Regis Medeiros, a vice-presidente
 Ivana Bezerra e o Dir. Secretário Rafael Bezerra
O Visite Ceará - Fortaleza Convention & Visitors Bureau comemora o resultados da pesquisa "Dados Econômicos do Turismo de Eventos em 2014". O levantamento apontou a realização de 1.164 eventos, com quase 
1 milhão de participantes (903.913), sendo 25% de turistas. Os números significativos se completam com o alcance de 36 eventos em captação e 33 captados e apoiados ao longo do ano, com expectativa de 55.400 participantes. Os números  trazem ainda dados que mostram o potencial do turismo de eventos para o estado, com um faturamento de 7,1 milhões dos espaços para eventos e 29,9 milhões com o faturamento anual dos eventos.
Os participantes de eventos injetaram no Ceará uma receita de 443,78 milhões, a maioria dos gastos com o comércio (28,9%), seguidos pelas despesas de alimentação (20,1%), hospedagem (20%), diversão e passeios (16,3%), transportes (10,8%), outros (3,5%). Com ampla movimentação em todo o ano, o setor de turismo de eventos registrou uma procura maior nos meses de julho e setembro. A pesquisa foi desenvolvida a partir da metodologia criada pelo Sebrae Nacional, Associação Brasileira de Empresa de Eventos (Abeoc) Nacional, Observatório do Turismo e Hotelaria da Universidade Federal Fluminense (UFF).
PLANEJAMENTO PARA 2016 - O Visite Ceará/FC&VB irá realizar em 2016 várias ações juntamente com  seu Grupo Comercial. Entre elas: parceria com o Governo do Estado através da SETUR; visitas a sindicatos da FIEC e FECOMÉRCIO; formatação de Banco de Dados; participação em feiras internacionais e nacionais; visitas as Universidades e divulgação do trabalho do FC&VB  nas cidades de  São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. 
O ÓRGÃO - O C&VB foi criada em 1896, em Detroit-EUA. É uma fundação independente, sem fins lucrativos, mantida pela iniciativa privada. Hoje, segue a eficácia do modelo americano e existem em torno de 450 escritórios espalhados nos países de maior representatividade mundial. Sua finalidade é promover e divulgar a cidade onde se instala, trazendo para si o maior número possível de congressos, convenções e eventos em geral, nacionais e internacionais, gerando um aumento de divisas para o país. Em 21 de maio de 1996, em uma articulação da ABIH juntamente com o Trade Turístico do Ceará, foi fundado o Fortaleza Convention & Visitors Bureau e que atualmente encontra-se associado à UNEDESTINOS, geradora de negócios para os agentes promotores de destinos da cadeia produtiva do turismo de eventos, e a ICCA, maior banco de  dados de eventos do mundo.

NA ALEMANHA - CARLOS HENRIQUE REPRESENTOU O CEARÁ EM CONFERÊNCIA

Convidado oficial pelo Ministro das Relações de Assuntos Europeus e pelo Governador do estado da Saxônia-Anhalt, para representar o Ceará na Conferência Internacional Cidades Verdes e Indústrias Verdes em Magdeburg, na Alemanha, o publicitário cearense Carlos Henrique (foto), CEO da Ad3 Marketing, apresentou às autoridades e empresários presentes as potencialidades do Estado para receber investimentos financeiros, cooperação em projetos de desenvolvimento econômico e tecnológico. Destacou ele a modernidade dos equipamentos turísticos locais, despertando o desejo de todos em   viajar para o Ceará, após veiculação de um vídeo promocional produzido pela Setur/CE.
 A apresentação aconteceu durante o jantar especial para delegações governamentais e empresariais convidadas para participar da 4a. Conferência Internacional Green Cities – Green Industries em Magdeburg na Alemanha. O evento foi realizado no histórico Palais am Fürtenwall, 
A CONFERÊNCIA - A Conferência Green Cities – Green Industries atrai a participação de representantes de governos e empresários de diferentes partes do globo para fomentar sua network e estimular investimentos e cooperações para projetos de desenvolvimento, mobilidade urbana e inclusive o turismo sustentável.
Este ano, contou com a participação de empresários e políticos da Alemanha, China, Mongólia, França, Israel, Espanha, Lituânia, Ucrânia, Espanha, Estados Unidos e Cuba na busca de soluções para projetos de mobilidade e desenvolvimento urbano sustentável.

CONFRATERNIZAÇÃO DA ABIH/CEARÁ - TROFEU HABIB ARI PARA O GOVERNADOR CAMILO SANTANA

Em elegante encontro realizado na noite de ontem, às 21 horas, no Hotel Gran Marquise, a ABIH-Ceará conferiu ao governador do Estado, Camilo Sobreira de Santana, o Troféu Habib Ary – Personalidade Turística, em reconhecimento pela atenção que o homenageado vem dando à entidade e ao turismo do Ceará. 
O ato aconteceu por ocasião do jantar de confraternização que a entidade dirigida pelo empresário Darlan Leite ofereceu aos seus associados, autoridades e convidados do “trade” turístico do Estado, destacando-se, afora o governador, a vice Izolda Cela, o prefeito Roberto Cláudio e secretários de várias pastas do Estado.  O presidente da ABIH fez a saudação ao homenageado, ocasião em que falou sobre as conquistas da hotelaria cearense, mesmo na difícil situação por que passa o País.  O orador seguinte foi o prefeito Roberto Cláudio, que se referiu à justeza da homenagem e enumerou obras realizadas em  programação com o Estado. Ao agradecer a homenagem, no encerramento da solenidade, o Governador Camilo Santana enumerou que, não obstante a difícil fase, o Ceará está dando atenção ao turismo, com obras já realizadas e outras programadas, entre as quais a conclusão do Acquário.  
Destaque na noitada festiva também foi o lançamento, pela jornalista Edgony Bezerra, do livro comemorativo aos 35 anos da ABIH/Ceará.
Jantar e show musical encerraram a festiva noitada.

ENCONTRO DE FINAL DE ANO DO “VISITE CEARÁ”

Palavras do Presidente Régis Medeiros
Com um café da manhã no La Maison, o Visite Ceará/Fortaleza Convention & Visitors Bureau, reuniu, no último dia 9, os associados, parceiros, empresários e jornalistas para sua tradicional confraternização de natal. 
Na pauta do alegre encontro,  foi apresentada a “ Pesquisa de Dimensionamento Econômico 2014”, feita em parceria com a UNIFOR  e SETUR, com números altamente significativos sobre a atuação do FCVB na captação de eventos que estão impulsionando o turismo do Ceará, com  destaque especial para a área de negócios, mas também de encontros outros profissionais ou de lazer.  
 Durante o evento, o  jornalista José Carlos Araújo, deste “Rota do Sol”, foi homenageado com o  troféu “Velas do Mucuripe”, pelo seu trabalho como parceiro da entidade desde sua fundação.  Em  seguida os hotéis Seara,  Vila Galé Fortaleza, Gran Marquise, Brasil Tropical, Praia Mar, Mareiro e Oásis receberam a premiação do “Visite Ceará Max”, por terem alcançado a meta de arrecadação da Contribuição Visite Ceará. O Instituto INOVE apresentou o “ Selo Verde Institucional para Eventos”. 
No encerramento da festiva confraternização, o  Presidente do Visite Ceará/FC&VB, Régis Medeiros,  apresentou algumas ações do Planejamento Estratégico para  2016 e  agradeceu o apoio e parceria que a entidade teve durante o ano de 2015. Finalizou,  desejando  aos presentes um Feliz Natal e um Ano Novo com muitas realizações e captações.
Os convidados receberam uma revista com o Relatório da Gestão 2015. 

NOITADA FESTIVA DO SKAL INTERNACIONAL DE FORTALEZA

Agraciados
Repleto de autoridades, presidentes de entidades do “trade” turístico, jornalistas, skalegas e skaladies, destaque para as presenças de Sonia Vianna Vidinhas, presidente do Skal Nacional, do secretário de Turismo, Elpídio Nogueira, representando o prefeito de Fortaleza, do deputado Sérgio Aguiar, presidente da Comissão de Turismo da Assembleia Legislativa do Estado, e da prefeita de Camocim,  Mônica Aguiar, o Centro de Convenções do Hotel  Mareiro  foi palco de descontraída festa de confraternização de fim de ano do Skal Internacional de Fortaleza, comandada pela dinâmica empresária Priscila Cavalcanti.
Na alegre noitada, foi desenvolvida extensa programação. A presidente do Skal de Fortaleza, Priscila Cavalcanti, fez a apresentação do Projeto Turismo Mundo Afora; houve um reconhecimento à imprensa do Ceará, com  entrega de certificados; entrega da Medalha Stênio  Azevedo – Mérito Skal (agraciados o empresário Demerval Diniz, executivo Alci Porto Gurgel, executivo Marcos Pompeu, jornalista José Mário Pinto, empresário Luiz Gastão Bittencoure empresário Régis Medeiros); distribuição  da edição especial da revista do Skal Internacional de Fortaleza; e recepção aos novos associados da entidade. 
Após os atos solenes, houve lauto jantar festivo, com cardápio especial do Hotel Mareiro. O show-men Ricardo Barsotelli foi a atração musical da noitada.

ACQUAFORT – TOUR E PESCA / CAMOCIM CONSOLIDA-SE COMO GRANDE DESTINO TURÍSTICO

O turismo do Ceará já tem em Camocim um dos melhores destinos. Situado na Costa Sol Ponte, de braços abertos para Jericoacoara e a Parnaíba, na Rota das Emoções e a apenas 340 quilômetros da Capital, o município em que nasceu Pinto Martins já. É famoso no turismo pelo que possui. São 62 quilômetros de praias paradisíacas, muitas selvagens ainda, cercadas por dunas, dunas, mangues, ilhas, falésias, enfim a natureza lhe proporcionou riquezas naturais abundantes, premiando um povo hospitaleiro e trabalhador.
NOVA ATRAÇÃO - A paradisíaca Tatajuba, a gostosa Ilha do Amor, o Lago Seco, o encanto da foz do Rio Coreaú, as noitadas animadas na Avenida Beira Rio, o Carnaval Badalado já é conhecido e procurado pelos turistas. Agora, Camocim está com um equipamento que agrega mais riqueza ao turismo da terra. O município dá um salto de qualidade ainda maior com a efetiva inserção na já especial prateleira turística com a efetiva entrada do AquaFort Tour & Pesca Hotel, que veio para oferecer ao Brasil um todo atrativo turístico de primeira qualidade, alguns até inéditos na região nordestina.
Localizado a poucos km de Jericoacoara, o Aquafort tem o melhor destino da pesca esportiva do nordeste composto pelo rio Coreaú e rio privado com 23 km repleto de peixes, lagoas e lagos de água doce e salgada. Mangues e aves aquáticas, com predominância das araras, inclusive a azul, liga o complexo hoteleiros a Camocim, viagem que poderá ser feita num moderno catamarã da empresa. À noite, happy hour, boa música, bons papos e contemplação das estrelas em ambiente tão propício. Oferece ainda mais: piscina, 22 km de pistas e trilhas para off road, motocross, mountain-bike, trilha para caminhada, praia privada, esportes náuticos tais como boia aquática, caiaques, stand-up, passeios de lancha e futuramente flyboard, wakeboard, jetboard, quadras poliesportivas e paisagens deslumbrantes que envolvem o restaurante e o bar da piscina.
O HOTEL - Inserido numa área de 4.800 de área, ao seu lado estão os 37 criadouros de camarão e ostras, que pertencem ao empresário Juan Carlos Ayala, sócio majoritário do Complexo AquaFort. Na parte do hotel propriamente dito, está como sócio o expert em turismo Pedro Carlos da Fonseca, um dos coordenadores do Fórum de Turismo do Ceará.  
O Aquafort dispõe de 30 suítes (12 Master, 6 Superior e 12 Standard), duas para cadeirantes, todas no alto, com ar-condicionado, chuveiro com água quente, frigobar, Sky TV, Wi-Fi free, varanda de 360° com vista privilegiada do estuário do rio Coreaú. 
Com localização tão privilegiada e tantas oportunidades para uma boa estada, a expectativa é que o hotel e Camocim, muito breve, se tornem uma atração maior para turistas brasileiros e especialmente estrangeiros

ESPECIALISTAS EM TURISMO CONHECERAM O AQUAFORT

Participantes do fantour com a prefeita Mônica e a secretaria de Turismo Rosana
Especialistas em turismo, cerca de 50, em “fantour”, foram conhecer, de 10 a 13 últimos, o AquaFort Tour & Pesca Hotel e também grande parte das melhores atrações de Camocim. A comitiva foi dirigida pelo “expert” José Airton Cabral, coordenador do hotel, e teve como integrantes representantes da CVC, da CB Brasil - Receptivo das Operadoras - Visual e MGM de Curitiba e mercado Europeu, da Natur Viagens, FORTUR-CE, da “Rota do Sol – Jornal de Turismo”, da TV Diário – Diário Turismo, da TV Ceará – Feiras e Eventos, da Diretoria e Gerência Aquafort e do Diretor Regional da Confederação Nacional de Turismo,  representante da AD3 Berlim, da Clarear Imagens. 
Durante os quatro dias os participantes do “fantour” participaram de muitas visitas técnicas e outras atividades, vivenciando todas as ofertas que o AquaFort oferece aos seus hóspedes. Fizeram viagem de lancha pelo rio Coreaú, de pesca no rio Aquarfort, de passeios em boia e caiaque e buggy, este nas dunas da Ilha do Amor.  
Momento de destaque foi a viagem e inauguração do catamarã pertencente ao hotel, no sábado,12, ato a  que estiveram presentes a prefeita de Camocim, Mônica Aguiar, sua secretária de turismo Rosana Lima, o deputado Sérgio Aguiar, presidente da Comissão de Turismo da Assembleia do Estado, além dos sócios da Aquafort, Juan Carlos e  Pedro Carlos da Fonseca.  Ainda, no sábado, à noite, houve uma reunião de  avaliação sobre o hotel e o “fantour”. 

MÊS MOVIMENTADO NO THEATRO JOSÉ DE ALENCAR

Elba Ramalho
Como já se torna tradição, o Theatro José de Alencar realiza no mês de dezembro a Temporada de Dança das Academias do Estado do Ceará. Este ano não poderia ser diferente, e as apresentações já estão sendo realizadas desde a primeira semana do mês. Destinada aos diversos públicos, a programação inclui ballet, tango e sapateado, sendo realizada até 21/12. 
Além da dança, o equipamento da Secretaria da Cultura do Estado recebe, este mês shows de artistas consagrados como Elba Ramalho, que chega à Fortaleza com seu mais novo trabalho. O show "Elba Elétrico Acústico", aconteceu na última sexta-feira, às 20h. 
Outro show que animou a plateia do Theatro, no segundo final de semana do mês, foi o Tributo ao Rei do Baião com o cantor cearense Marcos Lessa. O show em comemoração ao aniversário de Luiz Gonzaga, foi no último domingo, às 19h, no palco principal do TJA, celebrou uma das maiores lendas da música brasileira. 
OUTRAS ATRAÇÕES – Também no último domingo, às 17h30, no Foyer do TJA, houve “Encontros/ Cena da Noite em Concerto”, com as cantoras Lupe Duailibe e Cris Malagueta. 
Artes cênicas.
Já a calçada do Theatro José de Alencar está sendo palco de inúmeros apresentações das artes cênicas, durante todo o mês de dezembro.  Na calçada e hall de entrada, na última sexta-feira, às 16h, a Super Nova Cia Explosiva apresentou um espetáculo composto de histórias distintas, que narra as aventuras amorosas de diferentes casais. No Palco Principal do TJA, no sábado passado, às 19h, o dramarturgo Paulo Ess comandou as artes cênicas, com a apresentação gratuita de “Diário de Um Louco”. 
Nesta terceira semana do mês, quem ganha os palcos do Theatro é a "Remostra de Esquetes Grite", do Grupo Grite. A atividade acontecerá no Morro do Ouro, dias hoje e amanhã, às 18h. 
Ontem, houve mais de 10 atrações em comemoração ao aniversário do TJA.

GOVERNADOR INAUGUROU OBRAS NA EM BARROQUINHA

Uma localidade em festa recebeu o governador Camilo Santana, na noite da segunda-feira (30), para a inauguração da nova pavimentação da CE-187, localizada entre o município de Barroquinha e o distrito de Bitupitá, a 389 km da Capital.  Orçada em R$ 12,39 milhões, com investimentos do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) e do Tesouro Estadual, o trecho contemplado tem 27,7 km de extensão e recebeu serviços preliminares, de movimentação de terra, drenagem, obras d'arte correntes, pavimentação, sinalização horizontal e vertical e proteção ambiental.
A obra foi executada pela Secretaria do Turismo do Ceará (Setur) e fiscalizada pelo Departamento Estadual de Rodovias (DER), órgão vinculado à Secretaria da Infraestrutura (Seinfra).
URBANIZAÇÃO DA ORLA - Reforçando o compromisso com a cidade, o governador anunciou ainda mais uma obra para o município. "Trago também o anúncio de outro benefício que faremos em breve aqui no distrito de Barroquinha. Trata-se da urbanização da orla da praia de Bitupitá. O projeto já está sendo finalizado. Estamos nos últimos ajustes para a aprovação total do financiamento", disse.

NOVO PRESIDENTE DA ABAV-RS

A nova diretoria da Abav-RS, eleita para o biênio 2015/2017, tomou posse na última terça-feira, 15, em cerimônia realizada no Cult Pub, em Porto Alegre. O evento contou com a participação de associados da entidade, autoridades e do trade da região.
Em seu discurso de posse, o presidente João Augusto Machado enfatizou a importância da união, ressaltando que a entidade é cada um dos associados trabalhando conjuntamente e conquistando os objetivos comuns.

Hotel Villa Mayor


NATAL NO COLISEUM BEACH RESORT


REVEILLON 2016 MARINA PARK


ROTA DO SOL SEMANAL 18/12/2015 - ISSUU

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

CALEIDOSCÓPIO - UM MUNDO EM PARAFUSO

UM MUNDO EM PARAFUSO
Será que merecemos tantos castigos?  Por que fatos tão  ruins vêm ocorrendo nos últimos tempos? Em momento que deveríamos cantar a beleza da vida e a confraternização entre os povos, por que é dezembro, um mês dos abraços, o medo, a apreensão e a perplexidade dominam a face da terra. As religiões, que deviam ser refúgio para o maior entendimento da humanidade, agora é motivo de fanatismo doentio, radicalização guerreira, atentados covardes e terríveis, morte de inocentes. A insensatez domina os “donos do mundo”. O Estado Islâmico apavora com atentados e execuções frias, potências beligerantes continuam uma ameaça. O mundo está em polvorosa. Coisas estranhas surgem,  como o aparecimento de barcos à deriva, na costa oeste do Japão, com corpos já em decomposição, sem que se saiba quais as razões da tragédia. Como explicar as mortes que vêm ocorrendo nos Estados Unidos, em que atiradores loucos ou levados por ideologias tiram as vida de pessoas em âmbitos de escolas ou de qualquer local público. Se amiudaram os desastres em que a mãe natureza, implacável, ceifa a vida de pessoas e degrada espaços, seja por meio de erupções vulcânicas, tsunamis, terremotos ou por causa da ação do homem, como agora ocorreu em Mariana com o rompimento de uma barragem de rejeitos de minério da em presa Samarco. E as enchentes no sul e sudeste, em contraste com a seca violenta que há mais de quatros anos castiga o Nordeste?   O que dizer do nosso Brasil em tempos tão incertos, com a economia e as finanças em frangalhos, a política ao rés da desconfiança, da sujeira em que se acha?   De fato,  incertezas e   perplexidade nos dominam. Como explicar acusações de mau comportamento e de corrupção no Governo e no Congresso, em que são apontados como envolvidos a presidente da Republica, o vice-presidente e os presidentes do Senado, da Câmara Federal, afora várias dezenas de deputados e senadores? Não bastam os acusados e até presos no Mensalão e na operação em andamento do chamado Lava-jatos? Diante de tantas indignidades, fica-se a pensar se está valendo a pena a mudança de costumes, sob a égide do vertiginoso progresso social. As conquistas sociais, políticas e da ciência como um todo têm melhorado a vida de todos nós?  Sem dúvida,  o mundo mudou após Internet, ficou mais dinâmico para todos nós. A questão é que formas  várias  de conhecimento e comportamento têm caminhos sem freios, podendo nos conduzir para mares revoltos e desconhecidos. Este pobre plebeu, que vem de outros tempos, sente saudade do seu passado, quando a família, como diziam os sábios de então, era a “célula mater” da sociedade, a escola era “risonha em franca” e os ladrões eram apenas de galinhas.  Com medo até da sombra, enquanto a paca não chega, o jeito é ir me virando como é possível  e aproveitando o  que ainda de bom ocorre, em  meio à bondade e companheirismo dos filhos, netos, bisnetos e dos amigos. Os bons momentos servem de lenitivo para o que de péssimo  nos está perseguindo neste mundo em parafuso. 

ACORDA, BRASILZÃO

Antonio José de Oliveira
Abrajet / CE
Vamos repetir o que já comentamos em artigos anteriores a este. Parece-nos que pouco adianta ao Brasil ser considerado, dentre os países, que exploram atividades turísticas, impactando mais de 60 segmentos econômicos, o de maior riqueza natural e fauna mais rica do mundo, se não é competitivo, na indústria do turismo, ainda ocupando um lugar não satisfatório no “ranking” geral, do turismo mundial.
Você, amigo-leitor, sabe a razão de o nosso país não ser competitivo? Não é muito difícil de se saber o porquê. Vejamos, então, enunciando alguns dos entraves: problemas na infraestrutura, regulação, violência (cada vez mais aumentando nos grandes centros urbanos), escassez de mão de obra qualificada e poucos investimentos de suporte ao desenvolvimento sustentável do turismo, que, outrora, era apelidado de “indústria sem chaminés”.
O pior, minha gente, é que os senões não devem, nem podem suplantar todas as riquezas naturais, artificiais e culturais de um imenso Brasil, geograficamente, falando, em que cada região possui características étnicas e culturas diversificadas.
Para nós, brasileiros, deve ser motivo de orgulho constatar ser o Brasil destacado, também, no universo turístico, como o país de maior número de lugares, considerados patrimônios da humanidade, da quantidade de áreas protegidas e da qualidade do meio ambiente, embora a poluição venha destruindo, em nome do progresso, nossas matas, nossos recursos hídricos, nossa fauna e tantas coisas que a mãe-natureza  ainda nos proporciona.
Para nós, que, há mais de 30 anos, escrevemos sobre assuntos turísticos e participamos de eventos, nesse segmento econômico, Brasil afora e até no exterior, é horrível perceber o nosso “Gigante pela própria natureza” -  como diz um verso do Hino Nacional brasileiro – suplantado por outras nações, em termos de turismo, por falta de visão de alguns governantes das esferas estadual, municipal e federal e de alguns empresários do ramo, que não estão nem ai, para o que vem sendo feito à base do amadorismo.
Bem! Quando se indica um ministro e, frequentemente, acontece, que serviu de cabo eleitoral ou, então perdeu as eleições, para ocupar postos nas esferas, acima mencionadas, parece brincadeira e uma demonstração patente de que turismo é coisa de desocupados e que não rende dividendos à nação brasileira.
Longe de nós, caro leitor, a tolice de afirmar que, no Brasil,  não se investe, na infraestrutura física do turismo, na divulgação do seu potencial e em mão de obra qualificada em todos os seus segmentos.
 Acontece, gente, ser muito pouco. As verbas, para divulgação dos atrativos turísticos, da diversificada cultura regional e de promoções, interna e externamente, são pequenas, se comparadas às de outras nações, inferiores à nossa, em belezas naturais, mares de águas tépidas, abundantes flora e fauna, ricos patrimônios históricos, variegadas peças artesanais, gastronomia, povo hospitaleiro e criativo, além de festivo etc. Ante o comentado, somente nos resta alertar: acorda, Brasilzão!     
Antonio José de Oliveira
Vice-presidente da Abrajet-Ceará

FEIRA MASSA - DIAS MOVIMENTADOS NA COMUNIDADE DO POÇO DA DRAGA

Oficina de Discotecagem
A Feira Massa está na sua segunda edição, durante toda esta semana. Desta vez, no Poço da Draga. A comunidade, que tem 109 anos, nasceu com os pescadores portuários e estivadores. Hoje há cerca de 2 mil moradores em 505 casas.  Mesmo diante das dificuldades enfrentadas no local, os moradores procuram dar visibilidade às potencialidades existentes, com jovens desenvolvendo trabalhos ligados à arte, cultura, grafite, fotografia, cinema e música. Somam-se a esses os projetos sociais mobilizados pelos moradores, como o Poço de Cultura, que amplia o acesso à leitura; o Guardiões da Memória, com narrativa de histórias pelos moradores mais antigos; e o grupo "Nós Ambiente", que trabalha a questão da educação ambiental.
Oficina de Muay Thay
O EVENTO - Como na primeira edição, no Mirante do Conjunto de Santa Terezinha, a Feira Massa encontra na comunidade suas vocações, discute, conversa, e assim consegue viabilizar a programação da Feira, construída a muitas mãos. As apresentações artísticas que compõem a programação do evento partem de um processo de pesquisa feita em conjunto com articuladores locais que aponta os artistas e grupos que atuam no bairro na área da Música, Artes Visuais, Dança, Artes Cênicas, Atividades Culturais Infantis, Artesanato e Gastronomia.
A Feira Massa disponibiliza oficinas e workshops nas áreas de empreendedorismo, educação ambiental e cultura e arte, com especificações que atendem às necessidades de cada comunidade. No Poço da Draga, a população tem acesso a oficinas e aulas de fotografia, vídeo mapping, discotecagem, capoeira, zumba, skate, muay thai, malabares, além de torneios esportivos e feiras de artesanato e gastronomia. Na programação paralela, o projeto contempla shows artísticos, com humoristas, festas temáticas e atrações musicais.
No sábado, 12, a Rua dos Tabajaras, da Igreja de São Pedro até a Av. Almirante Tamandaré, estará fechada para pedestres: é o Sábado Massa, com uma programação a parte pra gente viver a Praia de Iracema, essa extensão do Poço da Draga que será sempre parte da vida da comunidade.
No domingo, dia em que o evento se encerra, a programação é esta: Live in Paint; Estação de Bicicleta compartilhada; Exposição das Peças da oficina de Modelagem Corte e Costura; Jogo da Saúde (ICC); Percurso histórico na comunidade; Aulas de skates;  Grupo de Flautas Poço de Som e Coral Infantil Raio de Sol. De 18h às 18h30, ponto de destaque é a apresentação da Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual do Ceará

O GRAN MARQUISE TERÁ REFINADO REVEILLON

O reveillon do Hotel Gran Marquise deste ano receberá um novo formato. O 31 de dezembro do estrelado hotel promoverá, além da sua festa tradicional, um evento dotado de ousadia, jovialidade, luxo e beleza. Em sua primeira edição, o Gran Sky Party promete marcar a virada do ano de Fortaleza. O gerente geral do Gran Marquise, Philippe Godefroit, reservou o salão Blue Night, no topo do prédio, além das áreas da piscina e lounge. “Vamos fazer o mais refinado e seleto reveillon de Fortaleza”, assegura.  
Com decoração instigante, a playlist dos Djs Pedro Garcia e Gilvan Magno e a presença da grife Veuve Clicquot, o Gran Sky Party deve promover um momento épico para aqueles que optarem pelo topo do 5 estrelas do Grupo Marquise. Para ser completo, a gerência de Alimentos e Bebidas do Hotel ainda reservou um café da manhã com mais de 100 itens e espumantes a partir das 4h da manhã. 
TRADIÇÃO NO HAWAÍ -Tradicionalmente realizado no salão Spazio, localizado no piso térreo do Gran Marquise, a outra festa de reveillon do Hotel trará este ano o tema Havaí. Animado pela banda Gisele Café e com decoração e gastronomia que remetem ao estilo havaiano, o Gran Hawaii promete uma festa com elegância e animação até de manhã, quando o Hotel servirá um belo café da manhã aos presentes. 

XI FESTIVAL DE TEATRO - ATÉ O DIA 19 FORTALEZA TEM SELECIONADA PROGRAMAÇÃO

AUTO DO REI LEAL, da Cia. Taipa
Movimentando ainda mais este dezembro, o XI Festival de Teatro de Fortaleza chega a diversos teatros e espaços públicos da cidade com uma vasta programação e a participação de importantes grupos locais e nacionais. Desde ontem e até o vindouro dia 19, são espetáculos, performances, seminários, além de atrações musicais, tudo gratuito. O tema do XI FTF é “Teatro e Conexões Contemporâneas”.
A abertura aconteceu ontem, 9, às 18 horas, no Estoril, com a apresentação de “O Auto do Rei Leal”, espetáculo vencedor do Edital Remontagens, lançado ao final do X FTF. Na sequência, às 20 horas, “Todo Camburão tem um pouco de navio negreiro”, da Associação Artística Nóis de Teatro, se apresentou e, encerrando a noite, às 22 horas, houve um show com a banda Dona Zefinha.
Na programação, estarão espetáculos vencedores das Mostras Fortaleza, Nacional e Novos Olhares. A Mostra Fortaleza tem como objetivo apresentar trabalhos de grupos oriundos da capital cearense. Já a Mostra Nacional traz produções de diversos estados do Brasil. A Mostra Novos Olhares abriga peças de grupos independentes.
Ao longo dos 10 dias de programação, o XI passará por 15 locais: Teatro Antonieta Noronha, Teatro José de Alencar, Teatro Carlos Câmara, Anfiteatro Lauro Maia, Cuca Barra do Ceará, Cuca Jangurussu, Cuca Mondubim, Praça dos Leões, Praça Mauá, Praça do Mirante, Praça do Teatro São José, Praça do Iprede, Vila das Artes, Estoril e Centro Cultural Banco do Nordeste.
O XI FTF é uma realização da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, com produção do Instituto Cultural Ânima.

NO CARIBE - ARUBA, UM PARAÍSO TURÍSTICO PARA MUITAS AVENTURAS

Aruba é um território autônomo neerlandês do Caribe e que tem como capital Oranjestad. O povo fala neerlandês e o papiamento. Vive do turismo. 
Com 110 mil habitantes e localizada ao norte da Venezuela, a ilha de Aruba, no Caribe, é conhecida por suas águas claras e areia branca. Oferece infraestrutura completa de lazer, com 28 hotéis e resorts ao longo da costa oeste, spas, cassinos e campos de golfe - sendo um profissional com 18 buracos. Além disso, a Ilha Feliz, como é conhecido o país, apresenta gastronomia internacional variada e diferentes opções de compras. Atividades para toda a família estão disponíveis em terra firme, com passeios e visitas pela ilha, e também na água, com mergulho em seu mar cristalino e esportes aquáticos. Sua localização privilegiada mantém o clima a agradáveis 28 ºC quase todo o ano e fora da rota de furacões. Turistas brasileiros não precisam de visto para entrada no país. Conforme é sabido, Palm Beach é a região mais apreciada, tanto  durante o dia como o à noite, quando os turistas vãos aos passeios pelas lojas da cidade e frequentam os excelentes restaurantes
Areia fina e branquinha, mar azul turquesa e sol constante. Tudo isso descreve Aruba perfeitamente. Mas quem acha que passar férias nessa ilha, onde faz tempo bom o ano todo, é ficar tomando sol na praia o dia inteiro está muito enganado. Para agradar os mais de um milhão de turistas que visitam Aruba anualmente, há atividades diferentes e divertidas para todos os gostos. Vamos às opções:
1 – DESCUBRA O OCEANO - Em alguns pontos das maravilhosas águas salgadas deste paraíso caribenho, a visibilidade chega a 30 metros de profundidade. É só colocar a máscara de snorkel para observar a incrível e colorida vida marinha do Mar do Caribe. Para quem gosta de ir além, há mais de 20 locais de mergulho e onze naufrágios a serem visitados!
2 – De quadriciclo ou moto - Se o turista é independente, explorador e viajado, subir num ônibus para fazer um city tour deve ser uma tortura. Assim, melhor é conhecer a bela paisagem arubana, das casas coloridas e charmosas às maravilhas naturais, sobre um quadriciclo ou uma moto – até mesmo uma Harley Davidson!
3 – DE CAIAQUE OU JET-SKI – Boa dica é apreciar a costa arubana a partir de um ponto de vista diferente, fazendo exercícios (em um caiaque) ou não (opte pelo jet-ski). Deslizando sobre as águas cristalinas,  sugere-se visitar as lindas florestas de mangue e observe as incríveis formas de vida marinha. 
4 – DE MOUNTAIN BIKE - Não há melhor maneira de ver o interior desta ilha deserta do que de mountain bike através de trilhas que permeiam toda a costa nordeste. O sol é forte, mas não há muitas subidas e os ventos alísios refrescam os ciclistas, que podem passar pela capela de Alto Vista, o Tierra del Sol Golf Club e o Farol Califórnia. Antes de voltar, é possível descer para as praias Arashi Beach, Boca Catalina e Malmok Beach.
5 – PESCA EM ALTO-MAR - Um iate esportivo leva o viajante a até 11 km da costa para pescar peixes como mahi mahi, barracuda, sailfish, king-fish, marlin azul e até tubarão. ´do momento de criar suas próprias histórias de pescador com muito estilo e adrenalina.
6 – NUMA PRANCHA - Os ventos e as ondas de Aruba são incríveis para os esportes sobre pranchas. Se visitante  é amante do surfe tradicional ou do body boarding, vai encontrar as ondas dos seus sonhos. Se prefere algo diferente, como o windsurfe ou o kitesurfe, terá condições perfeitas para praticar: águas planas com ventos limpos. E, se é a sua primeira vez, há muitos instrutores que podem ensinar! 
7 –  È DEIXAR O BARCO LEVAR -  Se o surfe não é o seu estilo, pode fazer esqui aquático, wakeboard ou parasailing! Nos três esportes, será puxado por um barco, mas cada um deles apresenta desafios diferentes – e cada um deles dá uma emoção única.

Edital de Convocação do Aeroclub do Ceará


INFRAERO - MAIS DE 21 MILHÕES PASSARÃO PELOS SEUS AEROPORTOS

Saguão de entrada do Aeroporto Pinto Martins
A Infraero estima que 21,1 milhões de passageiros passem pelos 60 aeroportos da sua rede durante os meses de dezembro de 2015 e janeiro de 2016, período que compreende a alta temporada. No mês de dezembro, está prevista a movimentação de 10,36 milhões de passageiros, enquanto a estimativa para janeiro é de 10,74 milhões. Na alta temporada 2014-2015, os terminais da Rede Infraero movimentaram 21,3 milhões de viajantes: 10,4 milhões em dezembro e 10,9 milhões em janeiro.
Para garantir a excelência no atendimento aos usuários dos aeroportos da rede, a empresa  realiza diversos cursos de capacitação e aperfeiçoamento entre os funcionários da empresa. Entre as ações, os maiores aeroportos da Infraero contam com o sistema “Infraero Atende”, para auxiliar com maior agilidade e praticidade o atendimento dos usuários que precisarem recorrer ao Balcão de Informações dos terminais. Com o serviço, um passageiro em trânsito no terminal, por exemplo, poderá saber que tipo de serviços (lanchonetes, lojas etc.) são oferecidos  no aeroporto de destino e nos seus arredores, antes mesmo de embarcar. Avisos como horário dos voos, facilidades dentro do aeroporto e nas imediações estão unificados numa base de dados disponível pelos atendentes.
Uma das iniciativas da Infraero para oferecer maior comodidade ao público é a lanchonete com preços controlados, disponível atualmente em onze terminais da Rede – Congonhas (SP), Santos Dumont (RJ), Fortaleza (CE), Salvador (BA), Porto Alegre (RS), Manaus (AM), Belém (PA), Curitiba e Londrina (PR), Joinville (SC) e Recife (PE). Nesses estabelecimentos os clientes têm, entre as opções de alimentação, uma lista de 15 produtos com preços mais acessíveis, estabelecidos pela Infraero por meio de pesquisa feita no mercado local. 
Outra facilidade, desenvolvida para o usuário de smartphones, é o aplicativo Voos Online, agora também disponível para usuários de PCs/tablets Windows 8.1 e Windows Phone 8. O programa permite ao usuário consultar a situação dos voos em 55 aeroportos brasileiros. O aplicativo pode ser baixado gratuitamente no portal da Infraero. A versão para Windows 8 está disponível, também gratuitamente, na loja Microsoft Store.(Com a  Infraero)

EM 15 AEROPORTOS , COMEÇA HOJE A OPERAÇÃO FIM DE ANO

Eliseu Padilha anunciando as operações
O então ministro da Aviação, Eliseu Padilha, anunciou na quarta-feira (2) que a Operação Fim de Ano nos 15 principais aeroportos do País começa hoje, dia 10. Serão 30 dias de reforço para a alta demanda do período nos terminais de Guarulhos, Congonhas e Viracopos (SP), Galeão e Santos Dumont (RJ), Brasília (DF), Confins (MG), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Salvador (BA), Curitiba (PR), Manaus (AM), Fortaleza (CE), São Gonçalo do Amarante (RN) e Cuiabá (MT), que juntos representam 80% do fluxo de viajantes no País. A expectativa é que até o dia 10 de janeiro pouco mais de 20,1 milhões de passageiros movimentem os terminais em viagens de Natal, Ano Novo e férias escolares.
Em reunião com representantes das companhias aéreas, operadores aeroportuários e entidades do setor, Padilha afirmou que o resultado do setor aéreo em 2015 deve registrar saldo positivo de 1,3% em relação a 2014, segundo dados da Anac. No acumulado do 1º ao 3º trimestre, o Brasil obteve a maior movimentação aeroportuária já registrada para o período: foram 163,28 milhões de passageiros, 2,3% a mais que no mesmo período do ano passado.
O aeroporto de Brasília registrou o melhor desempenho do ano: o crescimento acumulado (janeiro a outubro) foi de 8,23%. A estimativa é que o mês de dezembro encerre com incremento de 1,14% na movimentação aeroportuária do País, com cerca de 157,6 mil pousos e decolagens.
Entre os itens pactuados com as companhias aéreas TAM, Gol, Azul e Avianca, estão: a manutenção dos níveis de reservas e/ou vendas estritamente alinhados à capacidade de aeronaves, rotas planejadas e prestação de serviço de rampa e capacidade da tripulação; reforço nas equipes de segurança, rampa e atendimento, tripulantes, suprimentos, operações e manutenção; reserva total e parcial de aeronaves; aumento do nível de combustível das aeronaves (voos alternados); plano de contingências para eventual queda de sistemas (check-in); aviso especial de alteração de voos; entre outros.

PARECE QUE AGORA VAI - LEGALIZAÇÃO DE JOGOS PODE QUINTUPLICAR ARRECADAÇÃO

A legalização de jogos ainda oficialmente proibidos pode quintuplicar a arrecadação do País com loterias e jogos. A estimativa foi feita pelo vice-presidente de fundos de governo e loterias da Caixa Econômica Federal, Fábio Cleto, em audiência da comissão especial do marco regulatório dos jogos.
Em 2014, a arrecadação das loterias da Caixa foi de R$ 13,5 bilhões e deve chegar a cerca de R$ 15 bilhões neste ano. Segundo Cleto, a legalização de jogos ainda proibidos - como bingos, cassinos e máquina de jogos, por exemplo - pode elevar esse valor para algo próximo a R$ 50 bilhões.
A comissão especial analisa 14 projetos de lei (PL 442/91 e apensados) que legalizam vários jogos, inclusive o de bicho e os eletrônicos, via internet. A discussão também acontece em meio à intenção do governo em buscar novas fontes de recursos.
Fábio Cleto citou estudos da Fundação Getúlio Vargas que mostram um movimento anual de apostas estimado em até R$ 1,8 bilhão em relação aos bingos e até R$ 3 bilhões, no caso dos cassinos, mesmo proibidos no Brasil. No caso do jogo do bicho, a arrecadação estimada, em 2014, ficou entre R$ 1,3 bilhão e R$ 2,8 bilhões.
CUIDADOS - O dirigente da Caixa recomendou alguns cuidados que devem constar do marco regulatório dos jogos. "O mais importante é ter a certeza de que eventuais grupos interessados em explorar jogo no Brasil, seja em nível nacional ou local, tenham tamanho, porte, condições financeiras e, obviamente, lisura compatíveis com o tamanho do desafio de explorar jogo em um país do tamanho que é o Brasil. O potencial aqui é muito alto. Isso já acontece, mas de forma ilegal, e existe mercado para isso e a escolha de parceiros para o Estado explorar o jogo de forma mais efetiva tem que passar pela plena confiança nesta parceria".
Donos de lotéricas - Os deputados cobraram da Caixa a revisão na política de relacionamento com os donos de lotéricas, que têm reclamado de baixa remuneração nos serviços prestados e de insegurança diante do aumento do número de assaltos.
O dirigente da Caixa também admitiu que a distribuição da arrecadação é pulverizada e há baixo percentual de payout, ou seja, de pagamento de prêmio ao apostador. Fábio Cleto anunciou a intenção da Caixa em aumentar o número de pontos de venda no país, em acordo com as casas lotéricas. (Com a  Agência Câmara Notícias).

CATARATAS DO IGUAÇU - SHOW DA CHEIA: ÁGUAS BAIXAM E PASSARELA É LIBERADA.

Equipe instalando proteção da passarela
Depois que a vazão nas Cataratas do Iguaçu baixou 3 mil metros cúbicos de água por segundo, a passarela de acesso à Garganta do Diabo foi liberada. A interdição durou menos de 24 horas.  Todos os demais passeios não haviam sofrido alterações. O volume ali caiu de 9 mil para 6 mil metros cúbicos por segundo. Ainda é muita água - quatro vezes mais que o volume médio -, mas já não há risco para os turistas que quiserem utilizar a passarela. E o melhor: o espetáculo com as quedas volumosas é ainda mais impressionante.
Na Itaipu, a vazão do Rio Paraná, também continua elevada. O vertedouro está liberando mais água do que toda a vazão nas Cataratas do Iguaçu, no momento. A usina chegou a verter pela manhã 9 mil metros cúbicos de água por segundo e, no começo da tarde, pouco mais de 6 mil metros cúbicos de água por segundo.  Apesar do vertimento, a hidrelétrica está operando com carga máxima para atender o sistema elétrico do Brasil e do Paraguai. A água liberada é o excedente que não é utilizado para a produção de energia.
Chove tanto na cabeceira do Rio Iguaçu, quanto na área do reservatório da usina de Itaipu, no Rio Paraná.  A situação ocorre em boa parte influenciada pelo fenômeno El Niño.
RECORDE DE PASSAGEIROS - O Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu deve chegar a dois milhões de passageiros entre os dias 17 e 20 de dezembro, cerca de 120 mil a mais que em todo o ano passado. E, com os voos extras programados pela Azul a partir do dia 17, deve fechar 2015 com um número ainda mais expressivo: 2,10 milhões de embarques e desembarques, segundo o superintendente do aeroporto, Eduardo Renato Ludwig.
Em novembro, o recorde histórico de 2014 - 1.880.620 passageiros -  já havia sido ultrapassado. O mês passado fechou com um movimento de 1.892.774 pessoas, 10,71% superior ao registrado no mesmo período de 2015. Os dados de todos os aeroportos do Brasil ainda não foram fechados, mas Ludwig garante que o de Foz ficará entre os três com maior movimento.

20ª ÁRVORE DE NATAL DA BRADESCO SEGUROS

A Árvore de Natal da Bradesco Seguros inaugura sua 20ª edição consecutiva no próximo dia 12 (sábado), na Lagoa, no Rio de Janeiro, com o tema “O Natal da Renovação”. Considerada um dos marcos das comemorações das festas de fim de ano, a Árvore de Natal da Bradesco Seguros será apresentada ao público, às 20h30, com a tradicional queima de fogos, sincronizada com efeitos especiais de luz – os melhores pontos para a visualização dos fogos serão a Av. Epitácio Pessoa, na altura de Ipanema (entre as ruas Aníbal de Mendonça e Professor Gastão Bahiana), e o Parque dos Patins.
Referência internacional de Natal, a Árvore de Natal da Bradesco Seguros atrai, a cada edição, um número crescente de admiradores no Brasil e no exterior. Após sofrer avarias por conta de fortes rajadas de vento, na madrugada de 20 de novembro, a estrutura foi redimensionada, ficando com 53 metros de altura. Já a cenografia foi adaptada e apresentará três fases.
Desde 1996, ano da primeira edição, a Árvore conta com o patrocínio exclusivo do Grupo Bradesco Seguros e o apoio da Prefeitura do Rio de Janeiro.
CARRILHÃO ELETRÔNICO - Um carrilhão eletrônico, importado da Itália, semelhante ao usado na Basílica de São Pedro, no Vaticano, reproduzirá os sons das badaladas de sinos originais, com alta fidelidade e nitidez. O sistema permitirá a execução de músicas em dias e horários programados, sem qualquer intervenção manual, garantindo que as canções sejam ouvidas às margens da Lagoa Rodrigo de Freitas. Na programação, estão previstas composições natalinas, além da música-tema da Árvore de Natal da Bradesco Seguros, criada pelos irmãos Marcos e Paulo Sérgio Valle.

FESTIVA NOITADA DO SINDIHOTÉIS NO GRAN MARQUISE

Roberto Claudio e Manoel Linhares 
Manoel Linhares,  Lucia Maria Studart Coelho e P.C. Norões

Em prosseguimento às festas de confraternizações natalinas, o Sindihotéis Ceará promoveu  elegante e concorrida noitada no  Gran Marquise Hotel, na noite do último dia 3 do corrente, comemorando também os 70  anos da entidade no Estado.   Na ocasião, através do presidente Manoel Cardoso Linhares, a entidade homenageou o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio Rodrigues Bezerra, e o presidente da FBHA, Alexandre Sampaio de Abreu, representado na solenidade . Justa foi a homenagem póstuma do Sindihotéis ao recém falecido Jornalista José Edilmar  Norões Coelho, ex-presidente da ACERT e que foi referência do jornalismo cearense, representado no momento pela esposa Lucila Maria Studart Coelho e pelo filho, também jornalista de conceito, Paulo César Norões. 
Música selecionada e um caprichado jantar coroaram a noitada, que contou com a presença de grande número de hoteleiros, autoridades, jornalistas e convidados. 

CONFRATERNIZAÇÃO DOS JORNALISTAS DA ABRAJET CEARÁ

Jornalista José Rangel foi homenageado
Skal e jornalistas juntos na confraternização

Ao meio da última terça-feira, 8, a Associação Brasileira dos  Jornalistas de Turismo, seccional do Ceará, através do presidente Fenelon Gonçalves de Almeida, reuniu os associados na tradicional confraternização natalina. O encontro festivo aconteceu ao meio dia, no Dallas Gril e contou com a presença de expressivo número de associados, afora os empresários Priscila Cavalcanti, presidente do Skal Internacional de Fortaleza, e Epitácio Vasconcelos da Silva Cavalcanti. 
Na ocasião, através da presidente, o Skal, parceiro na festa, entregou um certificado a cada um dos jornalistas da Abrajet Ceará  “pelos relevantes serviços prestados em prol da Cadeia Produtiva do Turismo de Negócios e Eventos no Estado do Ceará. O jornalista Antônio José de Oliveira, vice- presidente da Abrajet/Ceará,  discursou em nome dos companheiros. 

ROTA DO SOL SEMANAL 10/12/2015 - ISSUU

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

CALEIDOSCÓPIO - UM JUAZEIRO DO NORTE PULSANTE

UM JUAZEIRO DO NORTE PULSANTE
Fazia muito tempo que não voltava ao Cariri do Ceará. Entre o final de 1940 e até 1960, até quatro vezes por ano, com alegria imensa ia à região como delegado da APCDEC para promover os jogos do saudoso campeonato Inter Municipal de Futebol, então um certame de muito prestígio e que movimentava todo o Estado. Já entre 1960 e 1970, pelos menos duas vezes por ano, enfrentava a viagem de dois dias nos gostosos trens da REFESA para aplicar os Exames Supletivos no Crato e Juazeiro. Quanto boa recordação. Depois de cumpridas as obrigações, como era gostoso participar das boas tertúlias entre amigos, muitos já no outro lado da vida, todos eles gente de fé, conceituados e boêmios de boa cepa. No Juazeiro, pontificavam o Dr. Ney, o Antônio Patu com seu lenço branco no bolso, os Coimbra, Mascote e Darim, o dr. Luiz de Souza. O competente Wilton Bezerra fazia parte da turma.  Já dava passos firmes para se tornar o notável comentarista esportivo de hoje, em Fortaleza, com fama também de contador de “causos” nas manhãs de domingo, na Rádio Verdes Mares. Vivi também momentos de satisfação, no Crato, com o Ossian Araripe, os professores Damasceno e José Fernandes e o então sargento Capistrano, depois médico de nomeada, além de algumas outras pessoas de bem com o mundo. As farras na Glorinha, os banhos na serra no Chico da Cascata, os bate-papos nos bares no entorno da Praça são gostosas lembranças que nos marcaram e nos fizeram incondicionais fãs dos dois grandes e aconchegantes municípios. Agora, no dealbar dos anos, como se dizia em outros tempos, voltei a Juazeiro do Norte com o pessoal do Fórum de Turismo do Ceará, para participar da Feira do Empreendedor, vitoriosa iniciativa do nosso Sebrae. Diferente do passado, viagem de 7, 8 horas, em ônibus da Viação Girafa, inicialmente na conhecida Estrada do Algodão e depois pela CE 060, a Padre Cícero, que diminui o percurso, ambas bem asfaltadas, mas é “braba” no trecho que vai a Caririaçu.
Quanta surpresa! A terra do eterno prefeito Padre Cícero, o Santo do Nordeste, me surpreendeu pelo dinamismo, pelo avanço cultural, pela expansão do comércio e da indústria. O centro da cidade quase estava a cara dos anos em que lá estive. A diferença era o intenso movimento nas ruas dos santos, com a São Pedro se destacando, indicando que a cidade já era uma metrópole. A praça principal do mesmo jeito, mas o Hotel Municipal, inaugurado pelo então Prefeito Orlando Bezerra, não mudara de feição. Apenas saíra o afável “seu” Antônio, os tempos mudam. Fora do Centro, impressionante é a expansão da cidade. Grandes edifícios residenciais e comerciais para todos os lados, campus universitários, restaurantes de qualidade internacional na Lagoa Seca, ruas e estradas asfaltadas, chegadas e partida dos aviões da Azul, Gol e Avianca, enfim o progresso vertiginosamente se espalhando. Tive a sensação, diante do constatado, que Juazeiro do Norte não deve nada a algumas capitais e cidades importantes do Nordeste. Dai compreendi a razão de muitos empresários empreendedores e intelectuais, de Fortaleza, João Pessoa e Recife, trocarem de residência para morar em tão novo e alvissareiro “El dourado”. Não tenham dúvidas, Juazeiro do Norte vai longe...

MAIOR ATENÇÃO AO TURISMO

Jor. Antonio José de Oliveira
ABRAJET-CE
Mesmo quem não é da área, porém acompanha notícias, reportagens e comentários, pelos diversos veículos de comunicação de massa e até pelas redes sociais, sabe que a denominada indústria de turismo é uma atividade importante, em termos econômicos, sociais e culturais, em todo o mundo, reconhecida como mola propulsora do desenvolvimento sustentável de países, que detém potencial turístico e explora-o, racionalmente, isto é, com profissionalismo, ética e transparência em tudo  o que lhe diz respeito. Para corroborar a retrocitada assertiva, basta inteirar-se de informações, referentes a 2011, do Conselho Mundial de Turismo e Viagens (WTTC), quando divulgou ser o Turismo responsável pela geração de mais de 98 milhões de empregos, de forma direta, e 255 milhões de maneira indireta, chegando – acredite, leitor-amigo - a ultrapassar a indústria automobilística no universo.
Há estudos comprovando gerar o Turismo, que impacta mais de 60 atividades, nos três setores da Economia, ou seja, o primário (industrial); o secundário (agropecuário); e o terciário (serviços), mais de 2 trilhões de dólares, em receita, já representando um pouco mais de  2,8% do Produto Interno Bruto (PIB) do mundo.  
  No Brasil, o Turismo vem crescendo, ano a ano, no receptivo, (número de turistas estrangeiros), porém é insignificante, se comparado a países, como: Espanha, França, Itália, Estados Unidos da América do Norte e Inglaterra. Alguns dirão que nosso país é novo, apenas com pouco mais de cinco séculos de descoberto bem diferente dos países europeus. Mas, pelo seu potencial turístico natural e artificial, além de diversificada cultura, essa justificativa não calha bem.
Ante o exposto, urge que os governantes brasileiros deem maior atenção ao Turismo, por intermédio de seus órgãos públicos, nas esferas federal, estadual e municipal, sobretudo, nesses dias de crise econômica e política, pela capacidade que tem o turismo de gerar mais empregos, gerar divisas, aumentar a circulação da moeda nacional e outras vantagens. Por último, um apelo que faz sentido: maior atenção ao turismo.
No Ceará, as atividades turísticas recebem apoio dos governantes, nas esferas estadual e municipal, por intermédio de suas secretarias, além da iniciativa privada. O Estado tem participado de importantes eventos turísticos, no exterior e no Brasil, de modo brilhante. Comparecemos a alguns deles. Mas, a prefeitura de Fortaleza, com a chegada da alta estação turística, precisa cuidar melhor da limpeza, da iluminação nas avenidas, ruas, praças, praias e outros recintos públicos, haja vista que turista gosta – repetimos – de ver luxo e não lixo.
     A cidade, inclusive em alguns corredores turísticos, em termos de limpeza, deixa muito a desejar. Para comprovar o que dizemos, passe pela Av. Heráclito Graça e outras artérias no centro da cidade. Não se concebe, gente, uma cidade turística com mazelas, em sua infraestrutura, a exemplo da malha viária, com buracos grandes, remendos no asfalto e água fétida, empoçada nas coxias, que atrai insetos peçonhentos etc. Vamos, prefeitura, zelar mais por nossa Fortaleza.
Antonio José de Oliveira / Vice-presidente da Abrajet-Ceará