img { max-width: 100%; height: auto; width: auto\9; /* ie8 */ }

Pesquisar este blog

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

CARTA ABERTA - ÓRGÃOS SE UNEM EM DEFESA DO TURISMO BRASILEIRO

No momento em que o país atravessa séria crise, em que as forças produtivas se veem a braços com seríssimas dificuldades, os órgãos que pertencem à cadeia produtiva do turismo se uniu para protestar contra a situação, através da seguinte Carta Aberta:
“No momento em que o Brasil amarga o mais alto índice de desemprego desde 2012 e sofre com uma das maiores crises econômicas do País, é hora de finalmente corrigir a negligência histórica com o turismo. As entidades representativas de classe têm uma série de medidas já demandadas para o governo no sentido de destravar os gargalos que há tempos impedem o desenvolvimento do setor de viagens.
Medidas simples que dependem apenas de vontade política e têm grande impacto no setor. A mídia tem veiculado que o governo federal pretende recuar e não mais isentar o visto para turistas de países estratégicos como os Estados Unidos, Canadá, Japão e Austrália. Trata-se de um pleito antigo do mercado que, de acordo com projeções do Ministério do Turismo, pode injetar R$ 1,4 bilhão na economia nacional.
As entidades representativas de classe do turismo vêm, por meio desta carta aberta, defender não apenas a dispensa de visto para países estratégicos como ocorreu na Olimpíada com um impacto extremamente positivo, como também a elaboração de um pacote mais amplo que inclua de uma vez por todas o turismo na agenda estratégica e econômica do governo.
Já está disponível uma série de estudos e documentos que apontam com clareza quais os gargalos da atividade no País. O turismo no Brasil precisa ultrapassar a marca de seis milhões de visitantes estrangeiros, enquanto mais de 1,2 bilhão de viagens são realizadas no planeta, segundo a Organização Mundial do Turismo”.
Assinam a Carta Aberta as seguintes entidades e associações nacionais:
 Cetur - Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Cnc); Abav Nacional - Associação Brasileira de Agências de Viagem; Abear - Associação Brasileira de Empresas Aéreas; Abeoc - Associação Brasileira de Empresas de Eventos; Abeta - Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura;  Abih Nacional - Associação Brasileira de Indústria de Hotéis;  Abla - Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis;  Abottc - Associação Brasileira das Operadoras de Trens Turísticos e Culturais;  Abr - Associação Brasileira de Resorts - Resorts Brasil;  Abraccef - Associação Brasileira de Centros de Convenções e Feiras;  Abrasel Nacional - Associação Brasileira de Bares e Restaurantes;  Abrastur - Associação Brasileira de Turismo Social; Abraturr - Associação Brasileira de Turismo Rural; Abracorp - Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas;  Clia Brasil - Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos; Alagev - Associação Latino Americana de Gestores de Eventos e Viagens Corporativas; Anttur - Associação Nacional dos Transportadores de Turismo e Fretamento; Bito - Associação Brasileira de Turismo Receptivo Internacional; Braztoa - Associação Brasileira das Operadoras de Turismo Cbc&Vb - Confederação Brasileira de Convention & Visitors Bureaux;  Fbha - Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação; Fohb - Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil; Sindepat - Sistema Integrado de Parques Temáticos e Atrações Turísticas do Brasil; Ubrafe - União Brasileira dos Promotores de Feiras;  Unedestinos - União Nacional dos Convention & Visitors Bureaux e Entidade de Destinos
Entidades Regionais: Abav/SP – Associação Brasileira de Agências de Viagens de São Paulo; Aviesp - Associação das Agências de Viagens Independentes do Interior do Estado de São Paulo;  Avirp - Associação das Agências de Viagens de Ribeirão Preto e  Região;   CVC (Agência de Viagens – Presidente do Conselho de Administração da CVC, Guilherme Paulus, que é Conselheiro Consultivo do Cetur/CNC).

Nenhum comentário:

Postar um comentário