img { max-width: 100%; height: auto; width: auto\9; /* ie8 */ }

Pesquisar este blog

sexta-feira, 23 de junho de 2017

PRÊMIO SUSTENTABILIDADE 2017 - ATÉ 1º DE SETEMBRO ESTÃO ABERTAS AS INSCRIÇÕES

Bonito-MS é exemplo
O MTUR informa que prêmio que reconhece e estimula ações sustentáveis nos diversos segmentos do turismo brasileiro, maior premiação de turismo sustentável do país, já está com as inscrições abertas. Os projetos poderão ser inscritos no site da Associação Brasileiras das Operadoras de Turismo (Braztoa) até 1º de setembro. A edição 2017 do Prêmio Braztoa de Sustentabilidade conta com uma novidade: resorts terão avaliação exclusiva, ganhando uma subcategoria dentro dos Meios de Hospedagem.
A premiação está prevista para o final de outubro. As cinco edições da premiação registraram mais de 275 projetos cadastrados. Entre os concorrentes, 60 casos de sucesso foram premiados pela adoção de práticas sustentáveis na atividade turística. A edição 2017 coincide com o Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento, determinado pela ONU e conta com a chancela da Organização Mundial do Turismo (OMT).
Poderão ser inscritos projetos de operadoras de turismo e agências de viagem, além dos meios de hospedagem englobam hotéis, resorts, hotéis fazenda, cama & café, pousada e flat, entre outros como albergues e campings.
Serão avaliados critérios de sustentabilidade como impactos ambientais, socioculturais e econômicos; incentivo ao turismo sustentável; viabilidade financeira do negócio e a abrangência das ações desenvolvidas pela empresa. Cada categoria pode indicar até três projetos que serão submetidos aos jurados e uma consultoria técnica. Haverá apenas um vencedor por categoria, além da premiação máxima para a proposta que se destacar entre todos os projetos e categorias. Os vencedores ainda ganharão destaque com a divulgação de uma Coletânea de Cases de Sustentabilidade, que é lançada anualmente.
Além da visibilidade, os vencedores do prêmio terão suas ações detalhadas para que sirvam de exemplo para outros segmentos do turismo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário