img { max-width: 100%; height: auto; width: auto\9; /* ie8 */ }

Pesquisar este blog

sexta-feira, 7 de abril de 2017

GOVERNADOR VISITOU OBRAS EM JERICOACOARA E CRUZ

O governador Camilo Santana supervisionou na sexta-feira passada (31) as obras do Aeroporto de Jericoacoara, no município de Cruz. Previsto para ficar pronto em junho deste ano, o aeroporto vai operar com capacidade para 1,2 mil voos por ano e será fundamental para o turismo do Litoral Oeste do Estado. O primeiro voo comercial deverá ser realizado em maio, pela companhia aérea Azul, no trajeto Campinas (SP)/Recife/Jericoacoara.
De acordo com o governador, o Estado tem trabalhado para atrair também a companhia GOL. "A partir do momento em que o aeroporto for regulamentado pela Anac, já podemos ter voos da companhia Azul, que será direto de São Paulo (via Campinas). Estamos trabalhando também para termos um voo da Gol e voos regionais dentro do próprio Ceará. Portanto, é um aeroporto que vai atender não só os nossos turistas, mas também os municípios vizinhos: Acaraú, Camocim, Marco, Cruz. Não tenho dúvida de que será um aeroporto com fluxo muito importante para a região e para o desenvolvimento do turismo", acrescentou.
Em relação ao acesso ao aeroporto, o chefe do Executivo cearense explicou que o Estado vai investir na duplicação de trechos da CE-085. "Estamos com o projeto de duplicar toda a CE-085, que dá acesso ao Litoral Oeste, assim como aconteceu com a CE-040. A ideia é que as duas CEs litorâneas do Ceará possam ser duplicadas para facilitar o acesso do turista, da economia e do fluxo de cargas. Entretanto, como é um trecho muito longo na CE-085 e ainda não temos os recursos, vamos priorizar o trecho Itarema a Acaraú. O DER já está com o projeto e vamos incluí-lo em mais uma etapa do Programa Ceará de Ponta a Ponta", concluiu o governador.
ESTRADA - Na sexta-feira o governador visitou ainda as obras da estrada que liga o município de Cruz à praia do Preá. Antigo sonho dos moradores da região, a via tem 12 km e está 90% concluída. O investimento é de mais de R$ 6 milhões, por meio do Programa de Valorização da Infraestrutura Turística do Litoral Oeste (Proinftur). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário